Participe da comunidade do meu Blog

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

OPEM realiza primeira reunião do ano



A Ordem dos Pastores Evangélicos de Maringá - OPEM, atualmente presidida pelo pastor Nilton Tuller, realizou no dia de hoje (31) a primeira reunião do ano, a mesma contou com adesão de vários pastores e pastoras e ocorreu no MOLIVI.
 
O vereador Luciano Brito (PSB), vice-presidente da Câmara Municipal de Maringá ao fazer o uso da palavra afirmou "neste momento fico imensamente alegre por rever tantos amigos e amigas e o nosso líder, pastor Nilton Tuller muito bem de saúde e quero reafirmar a todos que estou a disposição dos pastores membros da OPEM e de toda a nossa comunidade para atender demandas, mas receber as sugestões e críticas", na ocasião o vereador Luciano Brito também apresentou um breve relato de alguns projetos já protocolados na Câmara.
 
Vereador Luciano Brito (PSB) fazendo uso da palavra

Leia mais >>

Vereador Luciano Brito visita Colégio Estadual João XXIII

Nesta terça-feira (29) estive visitando o Colégio Estadual João XXIII, fui recebido pelos professores Arnaldo e Ronaldo, respectivamente diretor e vice-diretor do colégio, estive lá para conhecer as demandas daquela comunidade escolar que muito tem a ver com a minha história de vida e de minha família.
 
Como o Colégio Estadual João XXIII é um dos primeiros colégios de Maringá o mesmo marcou a vida de muitas pessoas, farei o melhor para contribuir sempre com esta importante instituição de ensino.

Leia mais >>

Polícia Civil recebe 893 novas armas

ANPr
Armas foram adquiridas com recursos do Fundo Especial de Segurança Pública

A Polícia Civil recebeu nesta quarta-feira (30/01) 868 pistolas modelo 840 e 25 submetralhadoras SMT-40 novas. As armas foram compradas com recursos do Fundo Especial de Segurança Pública (Funesp), como parte da reestruturação das polícias prevista no programa Paraná Seguro, lançado pelo governo estadual para modernizar as estruturas de segurança do Estado.
 
"Dentro da proposta de governo, a reestruturação da Segurança Pública passa necessariamente pela aquisição desse tipo de equipamento. São armas modernas, de alto potencial para qualquer tipo de ação", afirma o secretário da Segurança Pública, Cid Vasques.
 
O secretário ressaltou a importância de bons armamentos para que o policial possa desempenhar suas atividades de maneira eficiente. "É necessário para combater a criminalidade, que de outro lado faz uso de armamento com potencial ofensivo bastante grande", disse.
 
De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Marcus Vinícius da Costa Michelotto, essas armas serão entregues aos novos policiais e servirão também para substituir algumas antigas. "As armas longas estão sendo enviadas para os grupos especiais e para a região de fronteira", afirmou. Segundo o delegado-titular da Delegacia de Explosivos, Armas e Munições (Deam), Alfredo Dib Júnior, as novas armas são de ótima qualidade para o trabalho policial.
 
"As pistolas são maiores que outros modelos, mais adequados para uso velado, e servem para serem usadas na linha de frente", explicou o delegado. Quanto às submetralhadoras ele afirmou que elas têm a alça de mira regulável, são ergonômicas e leves. O diretor da Escola Superior de Polícia Civil (ESPC), Luís Fernando Viana Artigas Júnior, contou que desde 2011, cerca de 700 policiais civis foram formados e nova turma, com 200 homens e mulheres, vai começar nos próximos dias.
 
"A aquisição dessas armas mostra a preocupação do Estado em oferecer melhores condições de trabalho aos policiais civis", afirmou Artigas.
 
Paraná Seguro
 
Entre as medidas previstas pelo programa Paraná Seguro já foram efetivas as compra de 1.220 viaturas, das quais 296 serão entregues à Polícia Civil, e a contratação de 3.127 novos policiais. O governador Beto Richa também já autorizou a realização de concurso público para a seleção de 4.445 policiais militares e 819 bombeiros.
 
Além disso, no ano passado foram instaladas 12 Unidades Paraná Seguro (UPS). Dez bases de policiamento ficam em regiões com alto índice de criminalidade em Curitiba. As outras duas também funcionam em áreas de alta taxa de violência em Londrina e Cascavel. Fonte: Agência Estadual de Notícias

Leia mais >>

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Reunião da mesa diretora da Cãmara Municipal de Maringá


Vereadores da direita para esquerda, Luciano Brito (PSB), Luiz Pereira (PTN), Edson Luiz (PMN), Ulisses Maia (PP), Márcia Socreppa (PSDB) e Chico Caiana (PTB).

Vereador Luciano Brito (PSB) e demais vereadores membros da mesa diretora da Câmara Municipal de Maringá em reunião de trabalho no dia de hoje (29), das 17 horas às 19 horas e 30 minutos, entre os vários assuntos, a proposta de alteração dos horários das sessões ordinárias da CMM. 

A proposta de consenso da mesa diretora que será apresentada já no dia 05 de fevereiro de 2013 é a de que as sessões comecem às 19 horas e 30 minutos para favorecer a participação popular uma vez que o horário atual, às 16 horas inviabiliza a frequência dos trabalhadores nas sessões da Câmara.

Leia mais >>

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Vereadores de Maringá visitam Corpo de Bombeiros


Vereador Luciano Brito (PSB) falando ao 
tenente-coronel Zanlucas, comandante do 5ºGB e demais oficiais


Hoje (28) às 14 horas e 30 minutos, uma comissão de vereadores da Câmara Municipal de Maringá estiveram no comando do 5º Grupamento de Bombeiros para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido pelos bombeiros e a sistemática adotada para a execução das vistorias e fiscalizações para os pedidos de concessão de álvaras para o funcionamento de diversos estabelecimentos comerciais.

Estiveram presentes os veredores, Ulisses Maia (PP), presidente da Câmara; Luciano Brito (PSB), 1º vice-presidente; Chico Caiana (PTB), 2º vice-presidente; Márcia Socreppa (PSDB), 2ª secretária; Luiz Pereira (PTN), 3º secretário, Ideval de Oliveira (PMN), Carmem Inocente (PP) e Dr Manoel (PCdoB) além dos representantes dos vereadores Tenente Edson Luiz (PMN), 1º secretário.

O presidente da Câmara, Ulisses Maia (PP) agradeceu a receptividade do Corpo de Bombeiros e em sua fala afirmou o propósito da visita, o de estabelecer uma parceria através dos trabalhos da Comissão de Segurança e da mesa diretiva da Câmara Municipal de Maringá.

O vereador Luciano Brito (PSB) em sua fala disse "neste momento em que muitos pais e mães ficam apreensivas diante da tragédia ocorrida em Santa Maria, eu enquanto vereador estou aqui para buscar ser útil para que haja uma maior fiscalização em nossa cidade aos estabelecimentos comerciais visando a segurança de nossos adolescentes e jovens, neste ato visitamos em primeiro lugar uma instituição que sabidamente tem contribuído e muito para a preservação de vidas, o Corpo de Bombeiros é referência na prevenção e no controle de emergências e riscos. 



Quero agradecer ao corpo de oficias do GB que nos recepcionaram e afirmar que nosso objetivo hoje foi apenas iniciarmos o trabalho de diálogo com esta importante instituição. Vamos em conjunto com os demais Órgãos e autoridades permanecer em alerta para melhorarmos os níveis de segurança em nossa cidade para o bem de nossas familiares".

Leia mais >>

Câmara Municipal de Maringá cria Comissão de Segurança

No dia de hoje (28) ocorreu no gabinete da presidência da Câmara Municipal de Maringá uma reunião extraordinária da mesa diretora onde foi criada a Comissão de Segurança da CMM. 

A reunião convocada pelo presidente da Casa de Leis, vereador Ulisses Maia (PP) contou com a presença dos vereadores, Luciano Brito (PSB), 1º vice-presidente; Chico Caiana (PTB), 2º vice-presidente; Marcia Socreppa (PSDB), 2ª secretária; Luiz Pereira (PTC), 3º secretário; Capitão Ideval de Oliveira (PMN) e representando o vereador Tenente Edson Luiz (PMN), 1º secretário Murilo Gauvani. 

Por unanimidade os vereadores presentes decidiram pela aprovação da criação da Comissão de Segurança e pelas diretrizes principais de atuação da mesma: reuniões com autoridades para conhecimento das ações de fiscalização e prevenção adotadas em Maringá; pesquisa legislativa do ordenamento jurídico municipal para avaliação e melhorias; e acompanhamento das operações de fiscalização empregadas pelos Órgãos de fiscalização urbana. 

Os vereadores já agendaram uma visita no 5º Grupamento de Bombeiros em Maringá para esta segunda-feira às 14 horas. 

A proposta de criação de uma Comissão de Segurança já havia sido discutida pelos vereadores da área de segurança no início da legislatura e com a tragédia que matou ao menos 233 pessoas em um incêndio em uma boate de Santa Maria (RS), que colocou todas as autoridades de todo o Brasil em estado de alerta o processo foi acelerado. 

Falando sobre isto o presidente da Câmara, Ulisses Maia (PP) afirmou “evidentemente não precisamos esperar nenhuma tragédia para haver fiscalizações, mas infelizmente acontecendo isso, todos ficam em alerta. [...] . Temos três vereadores diretamente envolvidos na área – o Tenente Edson, Luciano Brito e o Capitão Ideval. Eles formariam uma comissão para analisar projeto e ações que envolvam estes assuntos dentro da Câmara”. 

Já o vice-presidente Luciano Brito (PSB) afirmou “os vereadores tem um papel fundamental na formulação de leis, neste sentido a criação da Comissão de Segurança ganha força, pois podemos elaborar leis que sirvam de ferramentas eficazes para que os Órgãos de fiscalização possam realizar o seu trabalho, precisamos verificar o que vem sendo feito, avaliar e se for o caso reformular os critérios para a concessão de álvaras em conjunto com o poder executivo municipal principalmente no que tange as penalidades para o não cumprimento de normas de segurança”.

Leia mais >>

Vereador Luciano Brito recebe visita de liderança do Jardim Diamante

No dia de hoje (28) o vereador Luciano Brito (PSB) recebeu a visita em seu gabinete do pastor Hélio da Silva, que lidera a AD Ministério Santo de Israel do Jardim Diamante, acerca da visita o vereador disse "o pastor Hélio é um amigo meu e de minha família com quem tem a alegria de conviver desde a minha infância, um grande apoiador a quem agradeço muito pela visita e pelo belo trabalho que vem desenvolvendo para a nossa cidade".


Leia mais >>

Câmara e Prefeitura intensificarão fiscalizações a casas noturnas em Maringá

Após a tragédia que matou ao menos 233 pessoas em um incêndio em uma boate de Santa Maria (RS), autoridades de todo Brasil estão em alerta quanto às condições das casas noturnas. 

Em Maringá, a Prefeitura e a Câmara Municipal pretendem tomar providências a partir desta segunda-feira (28) para saber se os estabelecimentos da cidade estão enquadrados nos critérios de segurança. 

"Evidentemente não precisamos esperar nenhuma tragédia para haver fiscalizações, mas infelizmente acontecendo isso, todos ficam em alerta. Hoje foi em Santa Maria, mas poderia ser em Maringá", fala o presidente da Câmara, Ulisses Maia (PP). O secretário municipal de Comunicação, Milton Ravagnani, informou que o prefeito, Roberto Pupin (PP), está muito penalizado com a tragédia de Santa Maria, e pretende tomar todas as providências para que tal situação não ocorra em Maringá. 

"Ele está indo para Brasília amanhã cedo, para um encontro de prefeitos, mas disse que vai determinar o quanto antes uma revisão em todas as casas noturnas, para verificar as condições de segurança e o cumprimento da legislação", reforça. 

Ações

O presidente da Câmara, Ulisses Maia, deve se reunir ainda nesta segunda-feira com representantes do Corpo de Bombeiros, prefeitura e Defesa Civil, para saber como estão as fiscalizações nas casas noturnas da cidade, em que estado estão avaliadas, e se há necessidade de ações complementares. 

Também serão analisados outros locais que abriguem grande quantidade de pessoas, como cinemas, shoppings, entre outros. "Como representantes da população, os vereadores devem se colocar no papel de cobrar uma maior eficácia das autoridades responsáveis por estas fiscalizações. Acreditamos que ela tenha que ser extremamente rigorosa, não permitindo alvarás provisórios, em locais de grande aglomeração de pessoas", afirma Maia. 

Conforme Maia, ações de fiscalizações em bares e casas noturnas já são frequentes na cidade. Uma delas é conhecida como Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu), que reúne órgãos como polícias civil e militar, Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária, Secretaria de Controle Urbano e Obras Públicas (Seurb), fiscais da prefeitura, entre outros, para averiguar as condições dos estabelecimentos. 

"Sabemos que o Corpo de Bombeiros de Maringá, responsável pela emissão dos alvarás, são muito rígidos, e que já existe uma ação frequente de fiscalização, no entanto, por conta dessa tragédia, achamos importante reforçar ainda mais a segurança", diz. O presidente da Casa ressaltou que a Câmara pode atuar tornando a legislação mais rigorosa na cidade.

"Sabemos que o incêndio de Santa Maria possivelmente foi iniciado por uso de fogos de artifício. Podemos criar uma lei para coibir o uso desses artifícios em locais fechados, entre outras medidas", reforça. Conforme Maia, o incidente deve acelerar a criação de uma comissão de segurança dentro do Legislativo. 

"Temos três vereadores diretamente envolvidos na área – o Tenente Edson, Luciano Brito e o capitão Everaldo. Eles formariam uma comissão para analisar projeto e ações que envolvam estes assuntos dentro da Câmara", explica. 

A reportagem tentou contato com o Corpo de Bombeiros, mas nenhum responsável pela liberação de alvarás a estabelecimentos foi encontrado para comentar o assunto neste domingo. Fonte: O Diário, reportagem de Rubia Pimenta

Leia mais >>

Vereador Luciano Brito visita AD Hortência

Neste domingo (27) o evangelista e vereador Luciano Brito (PSB) esteve a convite dos amigos pastor Daniel Brito e diácono Valdir Trombelli visitando a amada igreja da AD Parque Hortência, ocasião em que ministrou a Palavra e agradeceu aos presentes pelo apoio e voto.

Leia mais >>

domingo, 27 de janeiro de 2013

Tristeza!

Estou profundamente triste com a tragédia ocorrida na cidade de Santa Maria, externo meus sentimentos a todos os familiares e amigos das pessoas que partiram para eternidade, desejo que os feridos tenham sua saúde restabelecida. Oro para que o Espírito Santo conforte as famílias enlutadas, oro também para que o Espírito Santo cure as pessoas hospitalizadas. Finalmente, precisamos refletir muito sobre a segurança destes ambientes em nossa cidade.

Leia mais >>

Alvará da boate Kiss estava vencido desde agosto; ao menos 231 pessoas morreram

Jean Pimentel/Agência RBS/Folhapress
Amigos e familiares buscam informações em frente ao Hospital de Caridade de Santa Maria; incêndio deixa ao menos 231 mortos e 117 hospitalizados na madrugada deste domingo na boate Kiss

O alvará de funcionamento da boate Kiss, que foi atingida por um incêndio na madrugada deste domingo em Santa Maria (307 km de Porto Alegre), estava vencido desde agosto de 2012, informou o tenente-coronel Moisés da Silva Fuchs. O número de mortos chega a 231 e cerca de 117 pessoas permanecem hospitalizadas. A lista oficial só será divulgada após o reconhecimento dos familiares.

A boate era uma das principais casas noturnas e era famosa por receber estudantes universitários. Ela tem capacidade para cerca de 2.000 pessoas, e fica na rua dos Andradas, na altura do número 1.925. Para a festa foram contratados as bandas Gurizada Fandangueira (que estava no palco quando o fogo começou), Pimenta e seus Comparsas, além dos DJs Bolinha, Sandro Cidade e Juliano Paim.

A delegada Luiza Sousa, responsável pelas primeiras investigações, disse à Folha que, segundo porteiros, Mauro Hoffman e Elisandro Spohr, donos da boate, deixaram os prédios onde vivem pela manhã. Até o início da tarde, não havia mandado de prisão contra eles.

Segundo Bastianello, 90% das vítimas morreram intoxicadas pela fumaça. Segundo ele, muitos conseguiram sair da boate, mas algumas pessoas ficaram presas. Este é o segundo maior incêndio do Brasil.

A maior tragédia brasileira foi registrada em 1961, quando 503 pessoas morreram em um incêndio no Grande Circo Brasileiro, em Niterói, no Estado do Rio de Janeiro. Os feridos foram levados aos hospitais Universitário, da Guarnição de Santa Maria, de Caridade, da Casa de Saúde, do São Francisco e UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) na própria região.

O Corpo de Bombeiros pede que os parentes das vítimas busquem informações diretamente nos hospitais. Editoria de Arte/Folhapress Equipes de saúde da cidade estão no Centro Desportivo Municipal (Farrezão) ajudando a realizar a primeira identificação das vítimas. Segundo Bastianello, a identificação final será feita por um parente da família.

 Na porta do Centro Desportivo Municipal já consta uma lista para que as famílias possam localizar as vítimas. Os familiares entrarão de forma ordenada para realizar o reconhecimento. A presidente Dilma Rousseff, que estava participando da cúpula dos países da América Latina com a União Europeia em Santiago, no Chile, cancelou sua agenda no país e retornará ainda hoje para o Brasil para acompanhar o resgate das vítimas. 

Com a voz embargada, a presidente disse que o povo brasileiro precisa dela. "Gostaria de dizer a população de nosso país e de Santa Maria (RS) que estamos todos juntos nesse momento". Dilma disse ainda que todos os ministros estão mobilizados para prestar toda ajuda possível às vítimas e aos familiares envolvidos na tragédia.

Durante a entrevista, Dilma começou a chorar e terminou o depoimento. O anúncio foi realizado do hotel The Ritz-Carlton, onde a presidente está hospedada. Em comunicado, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-primeira-dama Marisa Letícia dizem que o Brasil está triste e de luto com as mortes e deram seus sentimentos às famílias das vítimas.

"Nesse momento difícil, expressamos nossa solidariedade aos amigos e familiares das vítimas e à toda a população da cidade, mas em especial aos pais e mães por essas perdas irreparáveis." O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, disse em sua conta de Twitter que irá para Santa Maria até o final da manhã deste domingo para acompanhar o trabalho do Corpo de Bombeiros na retirada e na identificação dos corpos. "Domingo triste! Estamos tomando as medidas cabíveis e possíveis. Estarei em Santa Maria no final da manhã".

INCÊNDIO

Segundo o coordenador da Defesa Civil, Adelar Vargas, o fogo teria começado na espuma de isolamento acústico, no teto. Um dos integrantes da banda que se apresentava no local teria acendido um sinalizador, que atingiu o teto, e o fogo se espalhou rapidamente, de acordo com Vargas.

De acordo com o tenente-coronel Moisés da Silva Fuchs, o transporte dos corpos é realizado por um caminhão da Brigada Militar, devido ao elevado número de de mortos. Eles são levados ao Centro Desportivo Municipal (Farrezão), porque o IML (Instituto Médico Legal) não tem capacidade para abrigá-los. A auxiliar de escritório, Michele Pereira, 34, que estava em frente ao palco no momento em que começou o incêndio, confirma que um dos integrantes da banda acendeu um sinalizador no palco.

"A banda que estava no palco começou a usar sinalizadores e, de repente, pararam o show e apontaram [o sinalizador] para cima. Aí o teto começou a pegar fogo, estava bem fraquinho, mas em questão de segundos começou a se alastrar", disse Pereira.

No local, havia apenas uma saída de emergência. Os bombeiros tiveram que abrir um buraco na parede da boate para facilitar o acesso e a retirada das pessoas do local. Fonte: Folha Online, reportagem Sidney Gonçalves do Carmo, Daniel Carvalho de São Paulo,Melina Guterres, colaboração para a Folha

Leia mais >>

sábado, 26 de janeiro de 2013

Vereador Luciano Brito participa da cerimônia de colação de grau da UEM

Ontem (25), o vereador Luciano Brito (PSB), 1º vice-presidente da Câmara Municipal de Maringá, participou da cerimônia de colação de grau dos formandos da Universidade Estadual de Maringá - UEM, a solenidade ocorreu na arena coberta do Parque de Exposições de Maringá.

Cerca de 640 formandos dos cursos de Administração, Direito, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Administração a Distância, Odontologia, Farmácia, Enfermagem, Educação Física e Medicina colaram grau.

O vereador Luciano Brito afirmou "para mim é um privilégio representar a Câmara na colação de grau dos formandos da UEM, como ex-aluno do curso de Educação Física estou muito feliz".

Várias autoridades compareceram ao evento e a arena esteve lotada com a presença dos familiares e amigos dos formandos.

Parte da mesa das autoridades na formatura da UEM da esquerda para a direita: vice-prefeito de Maringá, professor Claudio Ferdinandi (PMDB); ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti (PMDB); vereador, 1º vice-presidente da Câmara Municipal de Maringá, Luciano Brito (PSB); deputado estadual, Wilson Quinteiro (PSB) e o professor, reitor do CESUMAR e suplente de Senador, Wilson Mattos Silva (PSDB)

Deputado estadual, Wilson Quinteiro (PSB); professor, reitor do CESUMAR e suplente de Senador, Wilson Mattos Silva (PSDB); vereador, 1º vice-presidente da Câmara Municipal de Maringá, Luciano Brito (PSB); professor, vice-prefeito de Maringá, professor Claudio Ferdinandi (PMDB); amigo e diretor da ACIM, Dr Mohamed e João Carvalho, coordenador da Região Metropolitana de Maringá.

Leia mais >>

UEM dá continuidade às colações de grau

A Universidade Estadual de Maringá colocou, ontem (25), 640 novos profissionais no mercado de trabalho, no segundo dia de solenidade de colação de grau dos formados no câmpus sede em 2012. Hoje, às 18h, na arena coberta do Parque de Exposições Francisco Feio Ribeiro, mais 560 neograduados receberão seus diplomas. 

Os certificados entregues na noite de ontem foram para os alunos formados nos cursos de Administração, Direito, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Administração a Distância, Odontologia, Farmácia, Enfermagem, Educação Física e Medicina. Reitor da UEM em duas oportunidades (1990 - 1994 e 2006 - 2010), o homenageado da noite foi o professor Décio Sperandio. 

Atual assessor técnico da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti), Sperandio foi escolhido paraninfo geral do segundo dia de solenidade, e recebeu uma placa das mãos de sua família e de Beatriz Roman Guedes, graduada do curso de Direito. Em seu discurso, Sperandio agradeceu a homenagem e reconheceu que ser escolhido paraninfo é um privilégio de poucos. 

O professor também lembrou dos pais dos neograduados, e da satisfação em poder ver o filho se formando. Sperandio ainda encorajou os novos profissionais a nunca deixarem de estudar, cultivarem o amor, terem fé e serem mais do que profissionais. "Amem os seus ofícios, façam o melhor, pensem em realizar, pensem no país", disse. 

 A solenidade teve como juramentista a aluna Débora Botura Scariot, do curso de Farmácia. O orador geral foi o também aluno do curso de Farmácia, Fernando Olinto Carreño, que baseou seu discurso no provérbio chinês " uma caminhada de mil léguas começa com o primeiro passo". Carreño disse que a graduação é apenas o primeiro passo de uma longa caminhada, e que é necessário melhorar sempre, para ser agente de transformação. 

 O reitor da UEM, Júlio Santiago Prates Filho, ressaltou que a UEM foi escolhida novamente a melhor universidade do Paraná pelo Ministério da Educação, sendo uma das melhores do país. Prates Filho ainda lembrou que esse êxito é fruto de um trabalho coletivo, de alunos, professores e funcionários, que fazem a UEM cumprir com louvor o seu papel social. Fonte: www.uem.br

Leia mais >>

Peter Higgs critica "fundamentalismo" antirreligioso de Richard Dawkins

Foto:Fabrice Coffrini/France Presse
O escocês Peter Higgs (à dir.) e seu colega belga, François Englert, 
que contribui para a teoria do bóson 

Em se tratando de desentendimentos públicos, poucos já puderam se vangloriar de ter antagonistas que batem tão pesado.

De um lado está Richard Dawkins, o célebre biólogo que fez uma segunda carreira demonstrando seu épico desdém pela religião. Do outro está o físico teórico Peter Higgs, que em 2012 se tornou figura corriqueira nas apostas para um futuro Prêmio Nobel, depois que cientistas do Cern, em Genebra, demonstraram que estava correta sua teoria sobre como as partículas fundamentais obtêm sua massa.

A discussão deles gira em torno de nada menos que a coexistência entre religião e ciência. Higgs decidiu-se por coroar seu notável 2012 com mais um estrondo, ao criticar a abordagem "fundamentalista" adotada por Dawkins no trato com os crentes religiosos.

"O que Dawkins faz muitas vezes é concentrar seu ataque nos fundamentalistas. Mas há muitos crentes que simplesmente não são fundamentalistas", declarou Higgs em entrevista a Pablo Jáuregui, do jornal espanhol "El Mundo". "O fundamentalismo é outro problema. Quer dizer, Dawkins de certa forma é ele mesmo quase um fundamentalista, de outra espécie."

Ele concordou com algumas das ideias de Dawkins sobre as consequências infelizes que resultaram de crença religiosa, mas estava descontente com a abordagem do biólogo evolucionista ao lidar com os crentes, e se disse de acordo com aqueles que consideraram tal abordagem "embaraçosa".

Dawkins, autor do best-seller "Deus, Um Delírio", já foi muitas vezes acusado de adotar posições fundamentalistas. Em um texto publicado em 2007 no seu site, intitulado "Como vocês ousam me chamar de fundamentalista?", Dawkins escreveu: "Não, por favor, não confundam paixão, que pode mudar de ideia, com fundamentalismo, que nunca irá [mudar]. Paixão por paixão, um cristão evangélico e eu podemos estar equiparados. Mas não somos igualmente fundamentalistas. O verdadeiro cientista, por mais apaixonadamente que possa 'acreditar', na evolução, por exemplo, sabe exatamente o que o faria mudar de ideia: provas! O fundamentalista sabe que nada o fará mudar de ideia."

As críticas não levaram o biólogo a abrandar sua posição sobre a religião. Em uma recente entrevista à Al Jazira, ele insinuou que ser criado no catolicismo é pior para uma criança do que sofrer abusos físicos de um padre. Respondendo a uma pergunta direta do entrevistador Mehdi Hassan, Dawkins relatou a história de uma mulher dos EUA que lhe escrevera contando o abuso que ela sofrera quando criança nas mãos de um padre, e a angústia mental por ouvir que uma amiga sua, uma menina protestante, arderia no inferno. "Ela me contou que, desses dois abusos, superou o abuso físico, que foi nojento, mas ela superou. Já o abuso mental de falarem a ela sobre o inferno, esse ela levou anos para superar", disse Dawkins. 

"Dizer a crianças assim que elas realmente acreditam que as pessoas que pecam vão para o inferno e assam para sempre, que sua pele cresce de novo quando você a arranca, me parece intuitivamente inteiramente razoável que isso seja uma forma pior de abuso infantil, que vai causar mais pesadelos, porque elas realmente acreditam." Dawkins não respondeu a um pedido para comentar diretamente a acusação de "fundamentalista" feita por Higgs. 

 Na entrevista ao "El Mundo", Higgs argumentou que, embora não seja um crente, considera que ciência e religião não são incompatíveis. "O crescimento da nossa compreensão do mundo por meio da ciência enfraquece parte da motivação que torna as pessoas crentes. Mas isso não é a mesma coisa que dizer que elas são incompatíveis. Só acho que algumas das razões tradicionais para a crença, que remontam a milhares de anos, ficam bastante prejudicadas." 

"Mas isso não encerra com a coisa toda. Qualquer um que seja um crente convencido, mas não dogmático, pode continuar tendo a sua crença. Isso significa que eu acho que você precisa ser bem mais cuidadoso a respeito de todo o debate entre ciência e religião do que algumas pessoas foram no passado."

CHORO

Ele disse que muitos cientistas na sua área possuem crenças religiosas. "Eu por acaso não sou um deles, mas talvez seja mais uma questão da minha origem familiar do que haver alguma dificuldade fundamental em conciliar as duas coisas."

Em 1963, Higgs previu a existência de uma partícula portadora de força, parte de um campo energético invisível que preencheu o vácuo por todo o universo observável. Sem esse campo, ou algo parecido, não estaríamos aqui. O campo se agarra às menores partículas fundamentais e lhes dá massa. O campo, acionado momentos depois do "big bang", permitiu que as partículas se unissem e formassem todos os átomos e moléculas que estão por aí hoje. 

Na entrevista, o físico falou sobre o anúncio feito em 4 de julho de que o bóson de Higgs havia sido finalmente encontrado. Ele contou que dias antes havia recebido um telefonema de um colega no Cern, dizendo que ele se arrependeria se não comparecesse. Na hora do anúncio, Higgs começou a chorar. 

"O que foi tão avassalador realmente foi a reação da plateia no Cern. Não era como um seminário científico, era como o final de uma partida de futebol quando o time da casa ganhou, e foi isso que foi tão avassalador para mim, fazer parte disso... Foi [caindo em prantos] uma reação às emoções ao meu redor, e o sentimento de que, bom, finalmente chegou! Foi difícil de lidar." Muitos cientistas acreditam que a descoberta coloca Higgs como franco favorito para um futuro Prêmio Nobel. 

Ele ficou aliviado, no entanto, pelo fato de o comitê do Nobel ter ignorado a descoberta no seu prêmio de física em 2012. "Fiquei aliviado, simplesmente porque desde o começo de julho ando ocupado demais lidando com solicitações para fazer isso e aquilo, a ponto de ficar feliz por não ter isso também na minha agenda, então descrevi isso como um alívio.". Fonte: "Guardian", reportagem de Alok Jha, traduzido por Rodrigo Leite via Folha Online

Leia mais >>

Vereadores Luciano Brito e Ulisses Maia propõem lei de incentivo a “Marcha para Jesus”

Os Vereadores Luciano Brito e Ulisses Maia propõem lei de incentivo a “Marcha para Jesus”.

O evento esta no Calendário Municipal desde 1998, conforme lei de autoria do então vereador, pastor Nilton Tuller.

O evento que é realizado todos os anos em Maringá, na última edição contou com cerca de 6.000 pessoas, e conforme lei de autoria do vereador Flavio Vicente de 13 de abril de 2012 esta incluída no calendário municipal anualmente no terceiro sábado do mês de maio.

O projeto de lei proposta destina R$50.000,00 (cinquenta mil Reais) em recursos para a Associação OPEM que promove o vento anualmente, a proposta prevê que o recurso será repassado a Associação OPEM que constituirá uma comissão que prestará constam da aplicação dos recursos ao Executivo Municipal.

Leia mais >>

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Vereador Luciano Brito participa de reuniões com a Secretária Fernanda Richa em Maringá

Secretária Fernanda Richa falando aos presentes na ACIM

No dia de hoje (22) o vereador Luciano Brito (PSB), vice-presidente da Câmara Municipal de Maringá, participou de várias reuniões de trabalho com a Secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, que apresentou vários dados estatísticos das ações do governo Beto Richa, os dados foram comparados com outros períodos no Paraná e com os dados de crescimento do Brasil, os dados apresentados ressaltam o resultado do trabalho do governador Beto Richa (PSDB) e sua equipe.  

O vereador Luciano Brito, participou das reuniões no auditório Hélio Moreira na Prefeitura de Maringá e na Associação Comercial e Empresarial de Maringá - ACIM, na oportunidade apresentou projeto a Secretária a ser desenvolvido em Maringá. 

Luciano Brito agradeceu a atenção e receptividade da Secretária, que definiu como "uma mulher competente e sensível as demandas sociais, a quem parabenizo pelo brilhante trabalho".
Vereador Luciano Brito (PSB) dialogando com a Secretária Fernanda Richa

Leia mais >>

Fernanda Richa participa de encontro com os prefeitos e primeiras-damas da região

Com o objetivo de apresentar às autoridades municipais da região os trabalhos que vêm desenvolvendo à frente da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social do Paraná, a primeira-dama do Estado, Fernanda Richa, participou na manhã desta terça-feira (22) de duas reuniões na Prefeitura de Maringá. 

A primeira reunião lotou o auditório Hélio Moreira com prefeitos e primeiras-damas dos trinta municípios da região, além de representantes, voluntários e autoridades engajados em dezenas de entidades de assistência social. 

Entre os presentes estavam o prefeito Roberto Pupin, o prefeito Edgar Silvestre (presidente da Amusep), a primeira-dama de Maringá Luíza Esteves Pupin; deputados Cida Borghetti, Dr. Batista e Luiz Nishimori; secretário de Estado de Relações com a Comunidade, Renê Pereira da Costa, reitor da Universidade Estadual de Maringá, Júlio Santiago Prates Filho, vereadores Carmem Inocente, Márcia Socreppa e Luciano Brito. 

Silvestre falou em nome da associação de prefeitos, agradecendo a participação de todos e a presença da secretária Fernanda, assinalando a importância do "brilhante trabalho na questão da inclusão social" e garantindo a participação da Amusep nas iniciativas e programas propostos. 

Prefeito anfitrião, Roberto Pupin citou projetos que a administração maringaense implantou para integrar as pessoas em estado de vulnerabilidade social: "Acredito que seja dever de uma administração trabalhar para dar uma melhor qualidade de vida para sua população. 

Nossa cidade conta com o Condomínio do Idoso, com programas voltados para restruturação das famílias, o Mãe Maringaense que visa garantir a melhoria de condições e acessibilidade na fase de pré-natal, além de atenção ao parto e pós-parto com programa de planejamento familiar, os Centros de Referências e Assistência Social - Cras, as Hortas Comunitárias, entre tantos outros programas que trabalham para inserir as pessoas no mercado de trabalho e até mesmo no convívio social".

Finalizando, Pupin externou satisfação em receber a secretária da Família e Desenvolvimento Social do Paraná: "Fernanda você sempre será bem vinda em nossa cidade. Sabemos que você é uma mulher guerreira e gosta muito do que faz. E Maringá, como sede da Amusep, se coloca à disposição dos outros municípios". 

A secretária Fernanda Richa frisou os objetivos da visita: "Hoje volto aqui para falar do trabalho que estamos desenvolvendo na Secretaria da Família e Desenvolvimento Social do Paraná. Tivemos muito trabalho no começo, por se tratar de uma secretaria nova. Mas em dois anos conseguimos praticamente colocar a casa em ordem. 

No final de 2011 conseguimos colocar em funcionamento 23 escritórios regionais, sendo um especial em Foz do Iguaçu por se tratar de fronteira, onde nos deparamos com diversos problemas, entre eles tráfico e prostituição". Fernanda também explicou que pretende chegar, em 2014, através do Programa Família Paranaense, ao atendimento de mais de 100 mil famílias.

O programa visa ao desenvolvimento, ao protagonismo e à promoção social das famílias que vivem em maior situação de vulnerabilidade e risco no Paraná. Ele também tem como objetivo estabelecer uma rede integrada de proteção às famílias através da oferta de um conjunto de ações intersetoriais planejadas de acordo com a necessidade de cada família e das especificidades do território onde ela reside.

"O importante não é só levar o beneficio, mas sim a aproximação dessas famílias. Por isso peço hoje aqui às primeiras-damas e presidentes do Provopar que nos ajudem nessa caminhada, para assim conseguirmos atingir nossos objetivos de levar uma vida digna a toda a população paranaense". 

Visita a centro de assistência 

No período da tarde Fernanda Richa visitou o Centro de Referência e Assistência Social – Cras - no Jardim Alvorada, para conhecer as ações e programas sociais ali desenvolvidos. 

A secretária parabenizou a equipe pelo "excelente trabalho" e inclusive conversou com vários usuários atendidos no local. Encerrando, Fernanda Richa colocou sua secretaria à disposição da prefeitura, das entidades e de todos os maringaenses. Fonte: O Diário

Leia mais >>

Fernanda Richa reúne-se com prefeitos do Noroeste e visita obra em Maringá

A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, participou de reuniões em Maringá, região Noroeste do Estado, nesta terça-feira (22). 

A secretária participou de encontro com prefeitos e primeiras-damas e equipes regionais e gestores municipais de assistência social, além de visitar a Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim). Foto:Rogério Machado/SEDS

Leia mais >>

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Vereador Luciano Brito protocola projetos na Câmara Municipal de Maringá


No dia de hoje (21) às 12 horas e 20 minutos fiz o protocolo dos meus primeiros projetos de lei, um privilégio que divido com humildade e alegria com todos os meus amigos, apoiadores e eleitores. 


Vereador Luciano Brito (PSB) protocolando projetos de lei na Câmara Municipal de Maringá

 

Leia mais >>

Protocolo do Ministério da Saúde orienta fiscalização de plantão médico

Orientação também trata de denúncias de médicos sobre condições adversas de trabalho

O Ministério da Saúde lançou na quinta-feira, 17, um protocolo para orientar as secretarias de saúde de Estados e municípios brasileiros a controlar a aperfeiçoar o controle de presença dos médicos em emergências e maternidades. O documento tem por objetivo ajudar os gestores locais a organizar o serviço médico, apurar a presença no trabalho e eventualmente punir ausências injustificadas dos profissionais nos estabelecimentos de saúde.

O documento traça recomendações aos responsáveis pelo setor na forma de lidar com as mais diversas situações. Nos casos de falta por afastamentos amparados em lei, como férias e licença médica, sem que o profissional seja substituído, o gestor local vai apurar as responsabilidades administrativa, ética e criminal da direção da respectiva unidade de saúde.

No caso das ausências sem justificativa, será o próprio diretor quem vai avaliar se houve irregularidades do médico nas três esferas. Caso uma auditoria constate que não foi realizada a devida apuração do caso, a análise será repassada para os gestores locais de saúde, como secretários estaduais e municipais.

Quando a unidade de saúde for administrada por uma entidade filantrópica, por exemplo, a falta do médico levará ao gestor responsável pelo contrato a avaliar a contratação de cada profissional da saúde. Nesses casos, o gestor contratante poderá aplicar sanções à entidade e até rescindir o contrato. O responsável pela contratação pode, ainda, encaminhar o relatório ao Conselho Regional de Medicina (CRM) e ao Ministério Público para apurar possível infração ética e de eventual conduta criminosa.

O protocolo também garante ao médico que, caso as condições de trabalho sejam adversas, o que lhe impossibilitaria de trabalhar, ele tem direito de enviar sigilosamente um comunicado ao conselho da categoria para averiguar a situação do estabelecimento de saúde. O CRM da região tem poderes para pedir a interdição do local. "O profissional médico não tem justificativas para se ausentar", afirmou Adalberto Fulgêncio, diretor do Departamento Nacional de Auditoria do Sistema Único de Saúde (Denasus), ao destacar que a novidade do protocolo é deixar de maneira "muito clara" as responsabilidades de cada partícipe do processo. 

Recentemente, um caso de bala perdida gerou comoção nacional. A menina Adrielly dos Santos, 10 anos, foi atingida na cabeça no Rio de Janeiro na véspera do Natal. Ela esperou por oito horas atendimento no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, e morreu posteriormente. O neurocirurgião Adão Crespo Gonçalves faltou ao plantão naquela noite e foi indiciado pela polícia fluminense por ter fraudado a folha de ponto da unidade de saúde. Depois os chefes do plantão noturno e do setor de recursos humanos do hospital foram exonerados. Fonte: O Estado São Paulo, reportagem de Ricardo Brito

Leia mais >>

Vereador Luciano Brito recebe Conselheiro Tutelar

Na sexta-feira (18) tive o privilégio de receber em meu gabinete o meu amigo e Conselheiro Tutelar, Nivaldo Fernandes, que vem fazendo um ótimo trabalho de defesa dos direitos das crianças e adolescentes em Maringá, uma das minhas bandeiras de militância política e de vida que irei levantar na Câmara Municipal de Maringá.

Nivaldo Fernandes e vereador Luciano Brito (PSB)

Leia mais >>

Brasil apreende 360t de drogas em um ano e meio de plano de fronteiras

Plano de defesa de fronteiras, que inclui uma operação liderada pelas Forças Armadas e outra pela Polícia Federal, também permitiu desarticular 65 grupos criminosos e deter 20 mil pessoas 

As autoridades brasileiras apreenderam 60 toneladas de drogas, 2.200 armas e 20 toneladas de explosivos no primeiro ano e meio de seu plano de defesa de fronteiras, afirmou nesta segunda-feira a presidente Dilma Rousseff. 

O plano de defesa de fronteiras, que inclui uma operação liderada pelas Forças Armadas e outra pela Polícia Federal, também permitiu desarticular 65 grupos criminosos e deter 20 mil pessoas. Dilma lembrou que para executar este plano, o Brasil assinou acordos com Colômbia, Peru e Bolívia, países com os quais colabora em grande parte das operações. 

Além disso, Dilma afirmou que seu governo pretende "intensificar cada vez mais" a cooperação com seus vizinhos na área de inteligência e na repressão ao crime organizado. O reforço da vigilância das fronteiras começou em meados de 2011 com a Operação Ágata, que é executada pelas Forças Armadas em missões pontuais, e a Operação Sentinela, com a qual a Polícia Federal reforçou a vigilância diária.

Uma das grandes novidades destas duas operações foi o uso sistemático de aviões não tripulados para vigiar a atividade dos narcotraficantes e outras organizações criminosas. O Brasil possui quase 16 mil quilômetros de fronteira terrestre com dez países da região. Fonte: Gazeta do Povo via EFE

Leia mais >>

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Vereador Luciano Brito atende lideranças do Jardim Tarumã e do Paris

No dia de hoje (17) o vereador Luciano Brito atendeu em seu gabinete as lideranças do Jardim Tarumã, o amigo Pb Valmir Alonso e o líder comunitário do Parque Residencial Paris, o amigo Orlando, ambos trazendo muitas sugestões e reivindicações de suas comunidades.


Ev Vereador Luciano Brito (PSB) e o líder comunitário do Conjunto Paris, amigo Orlando


Ev Luciano Brito e o Pb Valmir Alonso do Jardim Tarumá

Leia mais >>

Vereador Luciano Brito concede entrevista a RPC TV

A emissora de televisão, RPC TV, repetidora da TV Globo, realiza entrevista com os vereadores de Maringá eleitos para a atual legislatura, as entrevistas serão veiculadas no Jornal Paraná TV, o vereador Luciano Brito (PSB) concedeu entrevista no dia de hoje (17).

Leia mais >>

Vereador Luciano Brito recebe liderança do distrito de Iguatemi

Ontem (16) tive o privilégio de receber em meu gabinete na Câmara o meu amigo, Pb Rui e sua família, como líder atuante em sua comunidade me trouxe várias solicitações dos moradores do distrito de Iguatemi e estaremos trabalhando juntos para atendê-las, muito obrigado meu amigo pela sua visita e colaboração.
Ev Vereador Luciano Brito, Rui e sua família

Leia mais >>

Vereadores de Maringá anunciam recursos para o Hospital Universitário

O presidente do legislativo, Ulisses Maia, e os vereadores Luciano Brito, Capitão Ideval de Oliveira, Adilson Cintra e representantes dos demais vereadores, participaram ao lado do Secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, da solenidade de assinatura de ordem de serviço para a primeira fase de obras do Centro Cirúrgico do HU da Universidade Estadual de Maringá. 

Na oportunidade o presidente Ulisses Maia, do uso da palavra falou do repasse que a Câmara Municipal de Maringá estará fazendo ao Hospital Universitário, através da economia realizada pela Câmara em 2012 no valor de R$ 300 mil, que serão utilizados para construção da Casa de Apoio à famílias de internados. Fonte: Assessoria de Imprensa da CMM
Vereadores participam de reunião no HU: Luciano Brito (PSB), Ulisses Maia (PP), Secretário Michele Caputo Neto, Adilson Cintra (PSB) e Capital Ideval de Oliveira (PMN)

Leia mais >>

Dilma desconsidera a opinião dos trabalhadores, eleitores e parlamentares

O recente veto da presidente Dilma Rousseff ao projeto de lei complementar que permite agentes penitenciários e outras categorias profissionais a portarem armas de fogo fora do horário de serviço evidencia que a política de segurança pública adotada pelo governo federal está muito aquém de solucionar os reais problemas do País e de seus cidadãos. A alegação de que a autorização do projeto iria na contramão da política nacional de combate à violência demonstra que o fio condutor não visa defender a vida do trabalhador e respeitar a decisão do eleitor e da maioria dos políticos do Congresso e do Senado.

Só na última década, mais de 2 mil mortes de agentes penitenciários aconteceram em todo o país, sem que os mesmos estivessem em condições de reação. A defesa pessoal é uma necessidade para aqueles que exercem atividades de risco à própria vida e à sua integridade física. Com o veto, 80 mil trabalhadores vão continuar à mercê de pressões de criminosos. De janeiro a outubro de 2012 foram mortos no Brasil 229 policiais civis e militares. Os dados mostram que grande parte desses policiais, entre civis e militares (183, ou 79%), estava de folga no momento do crime. Essa é a realidade do país, onde trabalhadores que dedicam suas vidas em proteger a sociedade não possuem respaldo do Estado e de leis para proteção de sua própria vida. As forças de segurança pública estão desamparadas.

O sistema prisional brasileiro é altamente defasado e, conforme noticiado constantemente na mídia, os presos facilmente mantêm contato com o mundo externo, podendo, a qualquer momento, planejar e ordenar atentados contra a vida de agentes penitenciários ou seus familiares. Fora do expediente o agente penitenciário se torna mais vulnerável do que o cidadão comum, já que paira contra si o constante risco de ser alvo de vingança ou ataque para desestabilização da segurança pública, como temos visto com frequência nos últimos meses em São Paulo. O porte de arma fora do horário de serviço garantiria a esses trabalhadores o legítimo direito a defesa.

O veto também ignora uma decisão do Congresso Nacional, que aprovou a proposta. Durante a tramitação do projeto, a maioria dos parlamentares da Câmara e do Senado emitiram pareceres favoráveis. O tema foi amplamente discutido nas Comissões de Segurança Pública e na de Constituição e Justiça, ou seja, comissões que aprovaram o mérito e a constitucionalidade. Toda a dedicação em elaborar, discutir e aprovar leis em prol da sociedade parecem não ter valor diante de tal decisão.

Um outro ponto é a política de redução de armas no território nacional, que simplesmente anula o resultado do referendo de 2005 em que 65% da população votou que não queria o fim do comércio legal de armas de fogo. Ignorar a opinião refletida em quase 60 milhões de votos é uma clara demonstração de desrespeito ao cidadão e à nossa Constituição federal — um verdadeiro atentando à democracia brasileira, que nas últimas eleições já teve a prova do desinteresse recorde com milhões de abstenções, votos em brancos e nulos.

A decisão alerta a população de que não basta alguns políticos não se importarem verdadeiramente com a morte de milhares de cidadãos. Parece que agora também não se importam com a morte da democracia. O país precisa de leis que combatam o crime e não que favoreçam os criminosos. É isso o que os cidadãos de bem desejam. Enquanto isso, famílias inteiras choram pelos seus entes queridos, e casos como o ocorrido no Rio Grande do Norte, ainda há pouco, em que um agente penitenciário foi torturado e morto, tendo seus olhos arrancados, continuarão ocorrendo no país. Fonte: Jornal do Brasil, reportagem de Salesio Nuhs

Leia mais >>

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Vereador Luciano Brito recebe liderança do Jardim São Silvestre

No dia de hoje (15) tive o privilégio de receber em meu gabinete na Câmara o meu amigo, Pb Reginaldo que tem desenvolvido relevante trabalho voluntário em Maringá, um momento para pensarmos vários projetos para o desenvolvimento de Maringá, uma atenção especial para os adolescentes e o mais necessitados, obrigado pela visita prezado amigo e parabéns pelo belíssimo trabalho, juntos vamos fazer muito mais.


Leia mais >>

Câmara de Vereadores de Maringá faz audiência com diretoria do Hospital Universitário

No dia de ontem (14) estiveram no plenarinho da Câmara Municipal de Maringá, a diretoria do Hospital Universitário de Maringá, a superintendente Magma; o diretor clínico Dr Durvalino e demais servidores e a vice-reitora da Universidade Estadual de Maringá, professora Neusa Altoé.

Além dos vereadores integrantes da mesa diretora: Ulisses Maia (PP), presidente; Luciano Brito (PSB), 1º vice-presidente; Chico Caiana (PTB), 2º vice-presidente; Edson Luiz (PMN), 1º secretário; Marcia Socreppa (PSDB), 2ª secretária; Luiz Pereira (P) 3º secretário, compareceram também os vereadores, Adilson Cintra (PSB), Ideval de Souza (PMN), Jhones Dark (PP), Dr Manoel Sobrinho (PCdoB) e Mário Verri (PT).


Os vereadores ouviram as principais demandas do HU/UEM e o planejamento de ampliação e as dificuldades e entraves para a conclusão do projeto inicial que tem mais de 20 anos, planejamento este que inicialmente previa 300 leitos sendo que após 22 anos de atividade o HU funciona com 123 leitos.


Vereador Luciano Brito (PSB) falando aos presentes

O vereador Luciano Brito (PSB) fazendo uso da palavra disse "para mim é um privilégio receber nesta Casa de Leis uma comitiva de servidores e professores da Universidade Estadual de Maringá, como ex-aluno enalteço o profissionalismo dos professores e do quadro de servidores da HU e da UEM que tem prestados relevantes serviços a comunidade maringaense, quero afirmar que este vereador será solidário ao projeto de ampliação do HU".

O vereador Luciano Brito (PSB) ao ouvir a sugestão do presidente da CMM de que colocaria em discussão para que as sobras dos recursos não utilizadas pela CMM do total constitucional repassado pela Prefeitura de Maringá a Câmara no ano de 2012 fosse destinado parcialmente a construção da Casa de Apoio as mães que tem seus filhos recém nascidos na UTI, afirmou "senhor presidente quero de público afirma que a parte que se destina a este vereador sou favorável a este repasse, principalmente por saber que no projeto existe a previsão de construção de uma capela o que é louvável uma vez que se reconhece que os pacientes e familiares são seres integrais que carecem de apoio espiritual, se houver esta possibilidade sou favorável a este repasse da minha cota a este importante projeto.

Leia mais >>

Pesquisador diz que encontrou novas evidências do Dilúvio bíblico

Robert Ballard e sua equipe estão investigando o fundo do Mar Negro

Robert Ballard é um dos exploradores subaquáticos mais famosos do mundo. Foi ele o arqueólogo que descobriu onde estavam os destroços do naufrágio do Titanic, em 1985. Também encontrou no fundo mar do navio de guerra Bismarck, e uma frota dos EUA naufragada perto de Guadalcanal, no Pacífico.

Agora, ele está usando sua equipe e a mais avançada tecnologia robótica para provar a existência de uma das histórias mais conhecidas da Bíblia: o Dilúvio. Em uma entrevista para a rede ABC ele apresentou os resultados de sua pesquisa na Turquia que mostraria evidências de uma civilização varrida da face da Terra por uma enchente monstruosa.

“Nós fomos lá para procurar o Dilúvio”, disse Ballard.

“Não apenas um movimento lento, e gradativo de avanço do nível do mar, mas um dilúvio realmente grande… A terra que foi soterrada permaneceu embaixo do mar”.

Muitos afirmaram ter descoberto evidências da Arca de Noé, o enorme navio que Noé encheu, segundo o relato bíblico, com diversos casais de animais, visando repovoar o planeta. Na década de 1990, os geólogos William Ryan e Walter Pitman reuniram evidências científicas de que uma inundação enorme ocorreu na região do Oriente Médio, cerca de 7.500 anos atrás.

Sua teoria, segundo os relatórios, é que uma elevação sem precedentes do que hoje é o mar Mediterrâneo, empurrou uma porção de terra através do Bósforo, submergindo a costa original do Mar Negro. Esse dilúvio antigo teria coberto uma área de mais 35.000 quilômetros quadrados. Ballard afirma ter investigado esta teoria por mais de uma década. Segundo os relatórios da National Geographic, a primeira descoberta de evidências da costa submersa surgiram em 1999.

Embora Ballard ainda não estivesse convencido de que se tratava do dilúvio bíblico, no ano passado mudou de opinião. Sua equipe encontrou no fundo do Mar Negro pilhas de cerâmica antiga, uma embarcação e um dos membros da tripulação.

Também há vestígios do que ele acredita ser um antigo porto, mãos de 150 metros abaixo da superfície. “Isso é um naufrágio perfeitamente preservado. Dá pra ver toda a madeira antiga, parece um depósito de madeira”, disse ele. “Mas se você olhar de perto, poderá ver um fêmur e um molar.” E acrescenta: ”O mais antigo naufrágio descoberto até agora naquela área data de cerca de 500 a.C.”.

Agora, usando tecnologia avançada ele tenta descobrir o que ocorreu no planeta cerca de 12.000 anos atrás, uma época em grande parte da Terra estava coberta de gelo. Quando esse gelo começou a derreter, grandes inundações poderiam ter atingido várias partes do globo, submergindo tudo que estivesse em seu caminho.

Usando o método de datação de carbono em objetos recolhidos na expedição, Ballard disse acreditar que esse evento catastrófico aconteceu em torno do ano 5.000 aC. Alguns especialistas acreditam que este foi aproximadamente nesse período que ocorreu o dilúvio de Noé. O pesquisador disse estar ciente de que nem todos concordam com suas conclusões sobre o período e o tamanho do dilúvio, mas está confiante que em breve encontrará algo do período bíblico.

“Começamos a encontrar estruturas que pareciam feitas pelo homem”, disse Ballard. “É nisso que estamos focando nossa atenção agora.” Os restou do naufrágio estão bem preservados porque o Mar Negro quase não tem oxigênio, o que retarda o processo de decomposição. Para Ballard “o fundo do mar é o maior museu da Terra”.

Ele não tem expectativas de encontrar a Arca de Noé, mas acredita que pode encontrar evidências de um povo que vivia ali quando o mundo foi inundado, cerca de 7.000 anos atrás. Com muita confiança de que poderá encontrar as provas que procura, Ballard planeja voltar para a Turquia no próximo ano. Suas descobertas serão apresentadas em um programa especial que vai ao ar em dezembro nos Estados Unidos. Fonte: Gospel Prime com informações de Huffington Post e ABC News.

Leia mais >>

domingo, 13 de janeiro de 2013

Milhares protestam contra casamento gay em Paris

Manifestação reúne pessoas contrárias a uma polêmica reforma que o presidente François Hollande promete executar em junho 

 Com a participação de jovens, idosos e famílias inteiras, boa parte de caravanas do interior do país, milhares de franceses marcharam neste domingo, 13, nas ruas de Paris para protestar contra um projeto de lei do governo do presidente François Hollande que autoriza o casamento gay e - o que mais tem atraído oposição - permite que casais de pessoas do mesmo sexo possam adotar crianças.

 O protesto, que teve apoio da Igreja Católica, contou com cerca de 350 mil pessoas, de acordo com cálculos da polícia - o que o torna a maior manifestação em Paris em 20 anos -, ou 800 mil pessoas, segundo anunciaram os organizadores, da frente Manif pour Tous (“Manifestação para Todos”). Os manifestantes vieram para a capital francesa em cinco trens de alta velocidade, 900 ônibus e inúmeros comboios de carros. A marcha partiu de três pontos diferentes de Paris e, após 6 quilômetros, os grupos convergiram para a frente da Torre Eiffel, exibindo faixas como

“Não ao casamento unissex” e

“Somos guardiães do Código Civil”, e outras bem-humoradas, exibidas por crianças, como

“Feito por papai e mamãe”.

“Nada temos contra diferentes formas de viver, mas achamos que uma criança precisa crescer com um pai e uma mãe”, disse Philippe Javaloves, um professor de literatura que participou de uma caravana de 300 pessoas da Província de Franche-Comté, no leste do país.

A humorista Frigide Barjot leu um manifesto exigindo de Hollande a retirada do projeto de lei e pedindo um debate nacional antes de a lei ir à votação.

Além da hierarquia católica, uma coalizão híbrida composta de famílias religiosas, políticos conservadores, muçulmanos e evangélicos acabou minando nos últimos meses o apoio ao projeto de lei do governo, que deve ser votado no fim do mês na Assembleia Nacional. Pesquisas feitas em agosto apontavam em torno de 65% de apoio à lei, índice que caiu para 52%, segundo sondagem divulgada neste domingo.

Hollande contava com a maioria parlamentar para aprovar a lei sem maiores sustos. Mas a mobilização nos últimos meses, centrada no veto à adoção e no registro de crianças concebidas por meio de inseminação artificial por casais gays, ameaça a aprovação do projeto de lei. Registro.

A união civil de casais gays é autorizada na França desde 1999. Os opositores do projeto de lei querem impedir que a união civil homossexual adquira o status de matrimônio, para que pessoas do mesmo sexo não possam registrar filhos. Pesquisa da revista Le Nouvel Observateur mostra que o país está dividido sobre essa questão: 50% são contra a adoção de crianças por casais homossexuais. Apesar do peso do protesto de ontem, o governo Hollande promete não recuar. Fonte: Estado de S.Paulo com Agências

Leia mais >>

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Vereador Luciano Brito participa da abertura do Verão Vivo

 No dia de hoje (11) participei da abertura das atividades do Verão Vivo, esta que é a 13ª edição conta com cerca de 2.000 inscritos, o evento que promove atividades esportivas e recreativas no período de férias escolares é promovido pela Prefeitura de Maringá, através da Secretaria Municipal de Esportes; SESC/Fecomércio, Maringá FM e TV Maringá.

Além do vereador Luciano Brito (PSB), 1º vice-presidente da Câmara de Vereadores, prestigiaram o evento o prefeito Roberto Pupim (PP), os secretários municipais: Maria Iraclézia (Esporte e Lazer), professora Solange (Educação) e Hércules Ananias (Igualdade Racial).
 Vereador Luciano Brito (PSB) e o prefeito de Maringá, Roberto Pupim (PP)
Prefeito Roberto Pupim (PP) falando aos presentes


Leia mais >>

Vereador Luciano Brito atende moradores do Quebec e Grevilea

Nesta semana o vereador Luciano Brito recebeu dezenas de amigos em seu gabinete, os amigos Jair Ferreira do Quebec e Ananias Eleutério do Parque das Grevileas, companheiros de luta, obrigado pela visita. Vários atendimentos e muitas sugestões, atender as pessoas, ouvi-las é muito estimulante para o início das atividades na Câmara, um privilégio.

Vereador Luciano Brito e o amigo Jair Ferreira
 
Vereador Luciano Brito e o amigo Ananias Eleutério e moradores do Pq das Grevileas

Leia mais >>

Alckmin assina termo para internação involuntária de dependentes químicos

Governador rebateu críticas do secretário municipal de Direitos Humanos, para quem 'uso de força não resolve em nenhuma situação'

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assinou na tarde desta sexta-feira, 11, os termos de cooperação técnica com o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), Ministério Público de São Paulo (MP-SP) e a seção paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) para apressar a internação de dependentes químicos, incluindo o encaminhamento de casos considerados graves para internação involuntária.

Durante a cerimônia, Alckmin rebateu as críticas do secretário municipal de Direitos Humanos, Rogério Sotilli, que disse nesta sexta que "o uso de força (no caso da internação compulsória) não resolve em nenhuma situação". O governador afirmou que a maioria das internações realizadas no ano passado foram voluntárias, mas que, para casos mais graves, a lei prevê a internação compulsória. Alckmin comparou ainda a "internação à força" com a autorização dada na quinta-feira, 10, pelo prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), para que, se necessário, seja feita a retirada à força de moradores de áreas consideradas de risco devido às fortes chuvas que atingem a região paulistana, dizendo que ambas as determinações seguem o mesmo princípio.

O governador disse que o Estado possui a capacidade de realizar cerca de 5.500 internações ao ano. A secretária estadual da Justiça e Defesa da Cidadania, Eloisa Arruda, afirmou que não haverá participação da polícia na abordagem dos dependentes químicos. Esse trabalho, explicou a secretária, será realizado por outros agentes, como assistentes sociais e ex-dependentes. "Não haverá a participação da PM (Polícia Militar) para recolher as pessoas nas ruas. Se a pessoa estiver convulsionando, será chamada uma ambulância", disse.

O convênio, firmado nesta sexta, prevê a instalação de um anexo no Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod) com a presença de juiz, promotor e advogados, além do corpo médico, para determinar a necessidade de internação compulsória. De acordo com o presidente do TJ-SP, Ivan Sartori, a ação pode ter início já na próxima segunda-feira, 14. A reunião que irá regulamentar a presença do TJ no Cratod, no entanto, será realizada apenas na próxima quinta-feira, 17. "Trata-se de uma ação social, de cidadania e saúde. Não há lugar aqui para ideologia. Vamos agilizar a aplicação da lei 10.216 (que prevê a internação compulsória de dependentes)", afirmou Sartori. Fonte: Agência Estado, reportagem de Guilherme Waltenberg

Leia mais >>

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Porte de arma para agentes penitenciários aguarda sanção presidencial até o dia 14 de janeiro

O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 87/2011 que garante o direito ao porte de arma de fogo fora de serviço aos agentes penitenciários e integrantes de escolta de presos aprovado pelo Senado Federal em decisão terminativa em 28 de novembro de 2012 foi devidamente encaminhado à sanção presidencial no dia 18 de dezembro de 2012 pela Ministra Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann.

Como os autos processados rubricados, autografados e homologados foram enviados por protocolo do Senado no dia 18 de dezembro, o prazo para a sanção presidencial passou a contar às 00:00 horas do dia 19 de dezembro de 2012 e se esgotará os 15 dias regimentalmente com base na Constituição Federal às 24 horas do dia 14 de janeiro de 2013, considerando-se o decreto governamental que determina pontos facultativos para os dias que antecedem aos dias de natal e ano novo, os dias de sábados e domingos.

A presidente Dilma Roussef (PT) pode sancionar, vetar ou aguardar a sanção tácita, porém existem informações de que antes de decidir ela ouvirá o parecer da Casa Civi, Secretaria Nacional de Direitos Humanos e Ministério da Justiça.

Leia mais >>

AD Iguatemi tem novo pastor

Neste domingo (6), estive no distrito de Iguatemi em Maringá onde tomou posse como novo dirigente daquela congregação o pastor Marcos Constantino, a posse ocorreu após o culto de ações de graças, pastor Marcos foi empossado pelo pastor Elias Estevam, vice-presidente da IEADCEMAR - Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá, pastor Marcos que anteriormente pastoreava a AD Ouro Cola, substitui o pastor Lucio Maia de Sá que foi transferido para a AD Panorama. 

O evangelista Arvinio Roberto assumirá a AD Ouro Cola no lugar do pastor Marcos Constantino.

Leia mais >>

domingo, 6 de janeiro de 2013

Quinteiro toma posse como deputado estadual

Amanhã (7) o advogado e ex Secretário de Relações com a Comunidade, Wilson Quinteiro (PSB) toma posse às 11 horas na Assembleia Legislativa do Paraná como deputado estadual, ele que é o primeiro suplente do PSB, assumi no lugar do deputado estadual Reni Pereira que foi eleito prefeito de Foz do Iguaçu, com cerca de 44 mil votos Wilson Quinteiro assume pela segunda vez como deputado, tendo sido de 2009 a 2010.

Estarei lá prestigiando o presidente do PSB de Maringá e no ato terei a honra de representar a Câmara de Vereadores de Maringá, a posse de Quinteiro como deputado estadual aumenta a representatividade de Maringá e região na ALEP.


Deputado estadual Wilson Quinteiro (PSB) e vereador Luciano Brito (PSB)

Leia mais >>

PF investiga esquema de espionagem em Brasília

Informações levadas por deputado sugerem que até a presidente pode ter sido vigiada A Polícia Federal abriu investigação para apurar uma suposta rede de espionagem ilegal com atuação em Brasília que teria políticos e autoridades entre seus alvos. Suspeita-se que até a presidente Dilma Rousseff tenha sofrido tentativa de bisbilhotagem do grupo, além de senadores e deputados.

As investigações foram abertas a partir de informações e documentos entregues ao Ministério Público Federal e ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, pelo deputado federal Miro Teixeira (PDT-RJ), em julho passado.

Os documentos incluem extratos de ligações telefônicas e trocas de e-mail entre parlamentares do Congresso Nacional. Miro disse ao Estado que recolheu o material de um araponga, que se sentira ameaçado e estaria agora sob proteção policial.

"Criou-se na capital do País, sob os olhos dos poderes da República, uma sociedade anônima de criminosos e violadores de dados pessoais" afirmou o deputado. "Não há cidadão nesse País, nem mesmo a presidente, seguro da sua privacidade e isso é muito ruim para a democracia."

 Contatada, a PF informou por meio de sua assessoria que abriu procedimento preliminar de investigação para verificar a autenticidade dos documentos, mas não comentará que encaminhamento deu ao caso para não atrapalhar as apurações. O órgão confirmou que há indícios veementes de crime no material apresentado e que o caso será apurado com rigor. 

O grupo ao qual o espião arrependido está ligado tem foco de atuação no Distrito Federal, voltado para autoridades do governo local. Mas o material entregue por ele inclui aparentes extratos de ligações e de e-mails de parlamentares federais, como o senador Blairo Maggi (PR-MT), o deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) e o ex-senador Demóstenes Torres, cassado por envolvimento com o esquema de corrupção e exploração de jogos ilegais comandado por Carlinhos Cachoeira.

Nem a PF ou o deputado, todavia, veem associação automática do grupo com o contraventor.

"Não sei se há conexão com o esquema do Cachoeira, pois os extratos eram usados pela quadrilha como efeito demonstração para convencer clientes a fecharem negócio", disse Miro. ‘Mercado anárquico’. Segundo o delegado Marcos Leôncio Sousa Ribeiro, presidente da Associação dos Delegados da Polícia Federal (ADPF), quadrilhas de arapongas atuam impunemente em praticamente todos os estados, fazendo espionagem industrial, bisbilhotagem contra particulares e sobretudo dossiês contra políticos.

"É um mercado totalmente anárquico, sem fiscalização ou controle, exercido muitas vezes por profissionais sem qualificação ou compromisso ético." São Paulo, maior polo empresarial do País, Brasília - sede dos Três Poderes e de representações diplomáticas de mais de 200 nações - e Rio de Janeiro são os principais centros de arapongagem no País, segundo a PF.

A estimativa é que esse mercado movimente mais de R$ 1 bilhão ao ano no Brasil. A última operação da Polícia Federal relacionada a escutas ilegais foi a Durkheim, que desmantelou em novembro, em São Paulo, uma rede de 27 espiões, entre os quais policiais federais, civis e militares, que bisbilhotavam políticos, empresários e magistrados.

Um projeto de lei do deputado federal José Genoino (PT-SP), patrocinado pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin), em fase final de tramitação na Câmara, cria o marco regulatório do setor e estabelece as normas para exercício da atividade de inteligência privada.

Para exercê-la, o interessado terá de fazer curso de formação de agente e precisará de autorização da Abin, que será renovada anualmente. Fonte: O Estado S. Paulo, reportagem de Vannildo Mendes

Leia mais >>

AD Panorama tem novo pastor

Neste sábado (5), na AD Jardim Panorama em Sarandi tomou posse como novo dirigente daquela congregação o pastor Lucio Maia Sá, a posse ocorreu após o culto de ações de graças, pastor Lúcio que foi empossado pelo pastor Robson Brito, presidente da IEADCEMAR - Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá substitui o pastor Amilton Borges que pastoreou a AD Panorama por 07 anos.

O pastor Amitlon Borges em suas palavras disse "creio que literalmente eu sou o pastor mais velho em atividade (ele tem 75 anos) e tenho certeza que aquilo que eu não pude fazer o pastor Lúcio que é um dos mais novos pastores o fará, pois tem muita força e vontade, certamente não fiz tudo o que desejei fazer mas fiz tudo o que foi possível com muito amor pelos irmãos, igreja e nosso Deus".

Pastor Robson Brito afirmou "o pastor Amilton Borges agora irá nos auxiliar no templo central, um pastor muito respeitado por nós, que tem sempre uma palavra de muita sabedoria em nossas reuniões e tem me ajudado grandemente juntamente com sua esposa irmã Rute".


Pastor Robson Brito fazendo a transmissão da liderança da AD Panorama ao pastor Lúcio Sá

Pastor Lúcio Sá falando aos presentes

Pastor Robson Brito falando aos presentes


Pastor Robson Brito agradecendo o pastor Amilton Borges pelos relevantes trabalhos realizados

Evangelista Luciano Brito apresentando uma breve biografia do pastor Lúcio aos presentes

Leia mais >>

Chuva e ventos de 61 km/h derrubam árvores em Maringá

A chuva e os ventos fortes que atingiram Maringá na tarde deste domingo (6) derrubaram pelo menos oito árvores na cidade, segundo o Corpo de Bombeiros. 

Uma delas caiu na Avenida Pedro Taques e interditou a pista que liga o centro da cidade ao Jardim Alvorada. O local foi liberado por volta das 17 horas. 

 Segundo os bombeiros, a queda de uma árvore também gerou interrupção parcial do tráfego na Rua Carlos Augusto Tourinho, no Jardim Copacabana. 

O Instituto Tecnológico Simepar informou que a velocidade dos ventos atingiu 61 quilômetros por hora. 

“Acima de 55 quilômetros por hora já consideramos forte”, comentou o meteorologista Reinaldo Olmar Kneib. “São ventos que podem causar transtornos maiores.” 

Semana deve ser chuvosa em Maringá A previsão do Simepar é de que o tempo deve seguir chuvoso neste início de semana em Maringá. 

São esperadas chuvas fortes com trovoadas isoladas na região. Segundo o Simepar, a temperatura deve variar entre 20 e 30 graus. Na quarta-feira (9) fortes rajadas de vento poderão atingir até 50 quilômetros por hora. Fonte: Gazeta Maringá, reportagem de William Kayser

Leia mais >>

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Pastores visitam gabinete do Vereador Luciano Brito

No dia de ontem (3), uma comitiva de pastores da Igreja Assembleia de Deus visitaram o gabinete do vereador Luciano Brito (PSB), o pastores Robson Brito e Elias Estevam, respectivamente presidente e vice-presidente da IEADCEMAR - Igreja Evangélica Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá, os pastores Joel Amorim, maestro, pastor José Maria Caetano - líder da AD Itaipu e o amigo Cilas.

Esteve presente também o pastor Elizeu de Carvalho da Igreja Missão Apoio, que é o vice-presidente da OPEM - Ordem dos Pastores Evangélicos de Maringá, o Dr Elizeu de Carvalho que é formado em Direito pela Universidade Estadual de Maringá e que milita na advogacia a mais de 15 anos em Maringá será o Procurador Geral da Câmara Municipal de Maringá uma excelente nomeação do presidente do legislativo maringaense, o vereador Ulisses Maia (PP).

O vereador Luciano Brito, afirmou "fico muito feliz em ter como uma primeira comitiva a me visitar os pastores da Assembleia de Deus, onde aprendi a amar a Jesus Cristo, ao próximo e a desejar militar em favor dos menos favorecidos e da sociedade, igualmente por ter me candidatado a pedido destes homens de Deus e honrados cidadãos que tem desejado contribuir ainda mais para o desenvolvimento de nossa cidade, preservação da vida e valorização da família, muito obrigado!"


Vereador Luciano Brito, Pr. Robson Brito, Pr. Elias Estevam, Dr. Elizeu de Carvalho, Pr. Joel Amorim, Pr. José Maria Caetano e Cilas.

Leia mais >>