Participe da comunidade do meu Blog

segunda-feira, 1 de julho de 2013

CPI do Transporte Coletivo ouve movimentos sociais


A Comissão Parlamentar de Inquérito - CPI do Transporte Coletivo, que foi constituída para avaliar a composição da tarifa no transporte coletivo de Maringá e a qualidade dos serviços prestados pela empresa concessionária no que tange ao contrato de concessão ouviu no dia de hoje (01.07) representantes dos movimentos sociais. 

A CPI que tem é formada pelos vereadores Luciano Brito (PSB), presidente; Humberto Henrique (PT), relator; Márcia Socreppa (PSDB); Chico Caiana (PTB) e capitão Ideval de Oliveira (PMN) ouviram dos representantes dos movimentos sociais várias reclamações e alguns pedidos, em nome do Movimento Transporte para Todos, falou André Martelozzo; em nome do Movimento Passe Livre, falou André Ferrari; em nome do Movimento Prociclovias Maringá, falou Carlos Siva e Movimento Maringá na Luta, falou Rafael Gonçalves.

Entre as principais reclamações os representantes reafirmaram que a relação custo x benefício não existe no transporte coletivo de Maringá, que o valor é alto pelo serviço prestado, que os ônibus sãpo lotados e que os horários entre um ônibus e outro são muito demorados, também criticaram a qualidade dos pontos de ônibus e das condições do Terminal Urbano, assim como de quem é a responsabilidade pela melhoria nos abrigos e no terminal.


O vereador Luciano Brito (PSB), assim se manifestou acerca da participação dos representantes dos movimentos sociais "precisamos ouvir, ouvindo podemos atender a demanda da comunidade, queremos conduzir os trabalhos da CPI do transporte coletivo com muita transparência e ao ouvirmos estes movimentos que representam o conjunto dos manifestantes que foram as ruas de Maringá exigindo uma tarifa menor e uma maior qualidade nos serviços do transporte coletivo podemos desenvolver nosso trabalho focado no que a população almeja".

 



Vereador Luciano Brito (PSB) na direção dos trabalhos

3 comentários:

Elizabeth disse...

Luciano Brito, esperamos que haja soluções positivas para com os usuários do referido Transporte. Eu, particularmente, estou desapontada com o sistema de passe-livre do estudante, pois, por causa de 150 metros, não consegui ter os mesmos para os meus filhos. Isso parece-me INJUSTO e sem fundamento! Um grande abraço.
▬ Elizabeth da Silva

Elizabeth disse...

Estou desapontada, particularmente, com o sistema de passe-livre do estudante, pois, por causa de 150 m não consegui adquirir os mesmos para meus filhos. Parece-me uma INJUSTIÇA e sem fundamento. Abraços!
▬Elizabeth Souza

Elizabeth disse...

Estou desapontada, particularmente, com o sistema de passe-livre do estudante, pois, por causa de 150 m não consegui adquirir os mesmos para meus filhos. Parece-me uma INJUSTIÇA e sem fundamento. Abraços!
▬Elizabeth Souza