Participe da comunidade do meu Blog

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Marina Silva Participa de Culto na Assembleia de Deus em Maringá

Luciano Brito e Marina Silva

Marina Silva (PV), candidata à presidência da República, cumprindo agenda em Maringá nesta quinta-feira (26) participou de uma reunião extraordinária da OPEM - Ordem dos Pastores Evangélicos de Maringá e logo após encerrou sua visita a cidade em um culto na Igreja Assembleia de Deus de Maringá.

Na reunião da OPEM que ocorreu no salão social da Igreja Assembleia de Deus estiveram presentes pastores e pastoras de diversas denominações evangelicas para os quais a candidata pode expor um pouco sobre o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável e vários programas que deseja implantar no Brasil caso seja eleita. Marina Silva acompanhada do candidato ao governo do estado do Paraná, Paulo Salamuni (PV) e demais candidatos e candidatas do PV atraiu vários pastores e lideranças evangélicas de Maringá e região.

Pastor Robson Brito, Presidente da IEADCEMAR - Igreja Evangelica Assembleia de Deus do Campo Eclesiastico de Maringá fez um breve relato biográfico sobre a trajetória de Marina Silva e prestou uma homenagem a mesma pelos relevantes testemunhos que tem prestado no seu serviço de "diaconisa do meio ambiente". Pastor Elizeu de Carvalho - Presidente da OPEM encerrou a reunião desejando sucesso a candidata elevando uma oração juntamente com os presentes em favor de Marina Silva e demais candidatos e candidatas presentes.

Durante o culto o Pastor Robson Brito reafirmou que "Marina Silva é a diaconisa do meio ambiente" e que exerce o seu papel dentro do contexto político destas eleições e na história do Brasil como Ester, que aceitou o desafio de defender o seu povo, "Ester mulher orfã, de origem humilde como Marina Silva foi desafiada e mesmo correndo riscos defendeu o que era certo, Marina Silva mesmo sofrendo algumas percas em termos econômicos e humanos tem se levantado como atalaia da vida, bandeira fundamental e essencial de uma boa cristã e política responsável".

Marina Silva fazendo uso da palavra no culto agradeceu a recepção dos pastores na pessoa do pastor Robson Brito e sua esposa irmã Rute Brito e, a todos os presentes pelo carinho e orações. Afirmou sair de Maringá muito feliz e disse "se é difícil defender os direitos dos que estão aí, mais difícil ainda é defender os direitos dos que vão vir", citou Abraão que plantou uma árvore aos 100 anos de idade e finalizou dizendo que "quem tem fé, age pensando na qualidade de vida das futuras gerações".
Marina Silva dando uma palavra durante o culto na Assembleia de Deus de Maringá
Plenário do templo central da Assembleia de Deus de Maringá
Pastor Robson Brito, Dr Alberto Abraão, Pastor Valdemar Ribeiro, Marina Silva e Evangelista Luciano Brito
Pastor Elizeu de Carvalho dando uma palavra antes de orar pelos candidatos presentes na reunião extraordinária da OPEM
Marina Silva fazendo uso da palavra durante reunião extraordinária da OPEM

Leia mais >>

Em Maringá, Marina Silva comenta quebra de sigilo bancário de tucanos

Candidata à presidência da República pelo Partido verde (PV) em Maringá -
Ivan Amorin/Gazeta Maringá


A candidata à presidência da República, Marina Silva (PV), esteve em Maringá nesta quinta-feira (26), onde cumpriu agenda de visitas. Em entrevista, ela comentou as notícias de quebra de sigilo bancário de pessoas ligadas ao PSDB, para suposto dossiê que seria usado na campanha da petista Dilma Rousseff. “Numa democracia, todas as denúncias devem acontecer por meios legais. É fundamental que o estado de direito seja respeitado e quem assume o Estado deve respeitar aquilo que a lei estabelece. Se não se respeita o processo democrático e as instituições durante a eleição, como se terá a certeza que haverá o respeito, quando chegar ao poder”, disse ela.

Marina se colocou a favor de investigações. “Que haja investigação, que haja punição e que ninguém possa ser acusado por meios ilegais”, continuou.

Candidato ao governo do estado cumpre agenda em Maringá nesta sexta (27)Nesta sexta-feira (27), o candidato do PV ao governo do Paraná, Paulo Salamuni, e a vice Flávia Romagnoli continuam em Maringá. Pela manhã e à tarde, os dois fazem campanha com os candidatos do partido na região Noroeste.

À noite, a partir das 21h30, Salamuni participa do Fórum Educacional, evento que vai sabatinar todos os candidatos ao governo do Estado. As entrevistas são promovidas pela a Arquidiocese de Maringá, juntamente com a Ação Evangelizadora e o Conselho Arquidiocesano de Leigos e Leigas.

Questionada sobre pesquisas e sobre os rumos da campanha, Marina explicou que não mudará as estratégias, apesar de aparecer em terceiro lugar das intenções de voto. “Minha campanha vai continuar conversando com as pessoas, participando dos debates, apresentando propostas, sem pegadinhas, sem ataques pessoais. Estão achando que decidiram quem é o candidato oficial de situação e de oposição, e eu estou dizendo que é o eleitor brasileiro que tomará essa decisão”, explicou.

O voo que trouxe a candidata para Maringá chegou por volta das 16h45, uma hora e 45 minutos após o programado. Do aeroporto ela e o candidato do PV ao governo estadual, Paulo Salamuni, seguiram para a Apae Rural, onde foi recepcionada por uma banda formada por crianças da escola especial. No local, Marina conheceu o projeto de criação de mudas, realizado pela Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) em parceria com a Cocamar Cooperativa Agroindustrial. A candidata também ouviu apelos por melhores condições das escolas especiais no Brasil.

“Nós temos uma discussão séria sobre a questão da educação inclusiva. Vamos atualizar a visão sobre o tratamento com pessoas que tem necessidades especiais”, respondeu.

No município, ela ainda participou da inauguração de uma das “Casas da Marina”, espécie de comitê voluntário de campanha da candidata em residências ou locais de trabalho de apoiadores. A casa escolhida fica instalada no Jardim Alvorada (zona norte da cidade).

Em seguida, Marina se dirigiu à Igreja Assembléia de Deus onde participou de um culto e falou aos presentes. De Maringá, a candidata embarcou para Florianópolis.

Quebra de sigilo bancário

A Receita Federal vasculhou, em sequência e em um mesmo dia, os dados fiscais sigilosos do vice-presidente do PSDB, Eduardo Jorge, e de mais três pessoas ligadas ao comando do partido.

A operação foi revelada ontem pelo portal do jornal O Estado de S. Paulo. Até então, sabia-se que apenas os dados de Eduardo Jorge haviam sido acessados e vazados para um suposto dossiê que teria sido usado para a campanha da petista Dilma Rousseff.

As consultas ocorreram num intervalo de 15 minutos e atingiram outros três nomes vinculados à direção tucana. No dia 8 de outubro de 2009, servidores do Fisco abriram, a partir do mesmo computador, os dados sigilosos de Eduardo Jorge e de Luiz Carlos Mendonça de Barros, Ricardo Sérgio de Oliveira e Gregório Marin Preciado. Fonte: Jornal de Maringá, reportagem de Hélio Strassacapa e Marcus Ayres

Leia mais >>

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Marina Silva em Maringá nesta quinta-feira

A candidata do PV a presidente da república Marina Silva vai estar em Maringá nesta quinta-feira a tarde. Ela desembarca às 15hs no aeroporto local e segue direto para a APAE Rural, no Contorno Sul.

Ali, concede entrevista coletiva à imprensa e se reúne com lideranças regionais, inclusive do setor empresarial, para falar do seu plano de governo. Na sequência da programação a candidata vai ao Jardim Andrade, na zona Norte de Maringá, inaugurar o comitê domiciliar, uma “Casa de Marina”. Na residência de D. Fátima.

No mesmo local, ela conversa com representantes de cooperativas de reciclagem e uma associação de mulheres do bairro. Marina Silva encerra sua visita a Maringá na Assembleia de Deus (templo da Rua Fernão Dias), onde será recebida por pastores da OPEM (Ordem dos Pastores de Maringá), população em geral e terá também seu momento de oração.

Leia mais >>

Arqueólogos descobrem cidade egípcia de 3.500 anos

Arqueólogos encontraram no oásis de um deserto ruínas de um assentamento egípcio de 3.500 anos que antecede em um milênio outras cidades antigas, informou nesta quarta-feira (25) o Ministério da Cultura do Egito.

Realizando escavações no oásis Um El-Kharga, um dos cinco desertos ocidentais do Egito - a cerca de 200 quilômetros ao sul do Cairo -, uma missão da Universidade Yale fez a descoberta enquanto trabalhava em um mapa de rotas antigas do Deserto Ocidental.

Ruínas de padaria encontrada em vila egípcia de 3.500 anos, localizada a cerca de 200 km ao sul do Cairo

O assentamento possui rotas ligando o Vale do Nilo, no Egito, ao oásis ocidental, se estendendo até a região de Darfur, no Sudão, disse o comunicado. O local atingiu seu auge no Reino Médio (1786 a 1665 a.C.).

As ruínas de uma padaria, assim como dois fornos e um torno de oleiro usado na produção de formas de cerâmica, onde o pão era assado, também foram encontrados, sugerindo que o local seria um importante centro gastronômico, informou o chefe da missão, John Darnell. Fonte: Folha Online via Reuters

Leia mais >>

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Guia turístico brasileiro é detido no Egito

Ele é acusado de promover atividades religiosas, o que é proibido no país. Policiais encontraram bíblias e folhetos evangélicos no carro do brasileiro

Um guia turístico brasileiro está detido no Cairo, capital do Egito, sob a acusação de promover atividades religiosas, o que é proibido pelas leis locais.

Segundo a assessoria de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, o homem, que vive no Egito, foi detido com outras duas brasileiras, que já foram liberadas.

A namorada do brasileiro, que vive no Maranhão, disse ao Jornal Hoje que ele ia visitar as pirâmides e foi detido por policiais que encontraram as bíblias e folhetos evangélicos no carro em que ele viajava.

De acordo com o Itamaraty, a embaixada do Brasil no Egito está tomando providências para que o brasileiro seja liberado. Fonte: G1/Globo.com

Leia mais >>

PEC que modifica salários de policiais é aprovada na Assembleia

Categoria recebia um salário fixo com gratificações. PEC determina o pagamento de um subsídio único aos policiais

Os deputados estaduais aprovaram por unanimidade, na tarde desta terça-feira (24), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) número 64/2009 que modifica os salários dos policiais civis e militares do Paraná.

A sessão desta terça da Assembleia Legislativa foi acompanhada por diversos
integrantes da polícia que lotaram as galerias da Casa de Leis. A PEC, de autoria do ex-deputado Professor Lemos (PT), determina o pagamento de um subsídio único aos policiais. A categoria costumava receber um salário fixo (geralmente de valor baixo) e diversas gratificações que complementavam o vencimento. Por exemplo, um soldado da PM recebe inicialmente R$ 1.967,43. Deste total, cerca de R$ 400 vem do chamado soldo e o resto refere-se à gratificações.


A PEC também faz com que o salário dos policiais militares e civis seja feito com referência no soldo mais alto da categoria, ou seja, um soldado que acaba de começar no serviço receberá a mesma quantia que o soldado que está há mais tempo na corporação.

O governo estadual já havia unificado as gratificações dos policiais militares, transformando o pagamento no chamado “soldão”. No entanto, a Polícia Civil ainda recebe o valor base mais outras retribuições.

A Assembleia informou que a PEC ainda vai passar por uma segunda votação que deve ocorrer em cerca de duas semanas. Se for aprovada novamente, a proposta voltará para a Comissão Especial que vai elaborar a redação final da PEC. A promulgação é realizada pela Mesa Executiva da Casa.

Pedido negado

Os desembargadores da 5.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça julgaram como inviável a liminar da ação civil pública que pedia a suspensão da entrada de presos não-provisórios nas delegacias do Paraná. O documento ainda solicitava que os presos não-provisórios que estão nas unidades sejam transferidos no prazo de até seis meses para o sistema penitenciário. A ação civil pública foi proposta pelo Sindicado de Classes de Base da Polícia Civil (Sinclapol) em março deste ano.

De acordo com o advogado da entidade, Milton Miró Vernalha Filho, os desembargadores acreditam que não seja possível mudar o quadro das unidades policiais no momento. O principal motivo seria a falta de vagas para realocar os presos para o sistema penitenciário. O pouco efetivo policial, aliado à superlotação nas delegacias, têm sido os principais problemas da estrutura da segurança pública no estado.

A 4.ª Vara da Fazenda Pública já havia decidido pela inexequibilidade dos pedidos. Os advogados do sindicato entraram com um recurso no TJ, julgado na segunda-feira (23). A ação retorna para a 4.ª Vara para fase de instrução, quando as partes do processo são ouvidas e provas colhidas.

A reportagem procurou os desembargadores da 5.ª Câmara Cível do TJ, mas nenhum deles foi encontrado para comentar o julgamento. Fonte: Gazeta do Povo, reportagem de Diego Ribeiro e Adriano Ribeiro

Leia mais >>

Gleisi Hoffmann é Homenageada na Assembleia de Deus de Maringá

Neste sábado (21) a candidata ao Senado Federal, Gleisi Hofmann (PT-PR) recebeu uma homenagem da Igreja Assembleia de Deus do Campo Eclesiástico de Maringá - IEADCEMAR que é pastoreada pelo pastor Robson Brito.

A homenagem se deu em função de relevantes serviços prestados a causa missionária da igreja no continente africano durante o 16 º Congresso de Missões do Projeto SOS África que atende cerca de 50.000 pessoas nos países da África do Sul, Moçambique, Malawi, Tanzânia e Angola.

O pastor Robson Brito - Presidente da IEADCEMAR agradeçeu em nome de toda a igreja a valiosíssima contribuição que Gleisi Hoffmann tem dado ao Projeto e orou por ela e os deputados estaduais presentes a cerimônia, Wilson Quinteiro (PSB) e Ênio Verri.

Ênio Verri, Gleisi Hoffmann, Pastor Robson Brito e Deputado Wilson Quinteiro
Gleisi Hoffmann, Evangelista Luciano Brito e Presbítero Geasi

Gleisi Hoffmann recebendo medalha de honra ao mérito do garoto Felipe

Leia mais >>

Deputado Wilson Quinteiro visita igrejas do São Silvestre em Maringá

Neste domingo (22) estive visitando junto com o meu amigo o deputado estadual Wilson Quinteiro as igrejas do Molivi e Assembleia de Deus ambas do Conjunto São Silvestre e pastoreadas respectivamente pelo pastor Nilton Tuller e Evangelista José Carlos, agradeço acolhida de todos. Na Assembleia de Deus do Jardim São Silvestre era celebrado o culto de ações de graça pelo aniversário do segundo dirigente da igreja o meu amigo presbítero Fernando a quem desejo muitas felicidades, paz e saúde. Deputando Wilson Quinteiro fazendo uso da palavra na AD do São Silvestre
Igreja do Molivi

Leia mais >>

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Como assim “Os Novos Evangélicos” Revista Época?

Não é de hoje que às Organizações Globo procuram algo para falar contra os evangélicos em geral, não importa qual seja a denominação. Devemos analisar friamente qualquer conteúdo sobre Evangélicos que venha da dita organização, é certo que eles não estão satisfeitos com o crescimento da Igreja no Brasil, por isso de todos os jeitos e de muitas maneiras, tentaram corromper a fé no Brasil.

No ano de 2002 é de conhecimento da maioria, que as empresas Globo investiram em mídia pesada contra a Igreja Renascer, qual o motivo? A Rede Globo havia perdido uma concessão de TV aberta no estado do Espírito Santo justamente para Igreja Renascer. Recentemente com a matéria intitulada “Caos Universal e Autorizado” o jornal O Globo promoveu diversos ataques ao Dia da Decisão promovido pela Igreja Universal.

Está semana a capa da Revista Época trás como titulo “Os Novos Evangélicos” e diz que a Igreja no Brasil está precisando de uma Nova Reforma, chega a ser ridículo comparar o que está acontecendo hoje no Brasil, com o que fez Martinho Lutero à Igreja Católica Apostólica Romana. Nossa intenção não é dizer que a Igreja no Brasil é perfeita, mas certamente não estamos no caminho da Igreja Católica. Hoje as pessoas estão generalizando tudo, semelhantes a Elias no dia em que pensou estar sozinho em Israel, Deus o alertou dizendo que existiam 7 mil que não haviam se prostrado e adorado à Baal. Igualmente existe no Brasil muito servos e servas de Deus que andam pelo caminho que a Bíblia ensina.

É certo que existem muitas denominações e algumas até divergentes, porém a grande maioria ainda prima pela Palavra de Deus, e a matéria da Revista colocou todas denominações em um saco e disse que precisaríamos de uma Nova Reforma! O que a tal Revista entende de Reforma?

É importante lembrar que na matéria, não se fala sobre as maiores denominações no Brasil, como Assembleia de Deus, Deus é Amor, Quadrangular e Batista. A Matéria entrevista alguns líderes evangélicos de pequenos grupos que ‘filosofando’ muito, procuraram enfatizar sobre a necessidade de haver uma mudança de paradigmas no meio protestante. Um dos entrevistados é Ricardo Gondim pastor da Assembléia de Deus Betesda (não filiada à CGADB) simpatizante da Teologia Relacional ou Teísmo Aberto, que afirma entre outras coisas que Deus é apenas um observador da história, ou seja, mais um ser inserido no tempo ao invés de Senhor e mantenedor de tudo que existe.

“Dividir para enfraquecer”

Na reportagem também há sugestões de alguns “líderes” sobre reuniões em casa ao invés de nos templos, afirmando serem as reuniões em casa mais bíblicas do que a dos templos. É importante ressaltar que nem o próprio Jesus Cristo substitui as reuniões do Templo, facilitaríamos as coisas para nosso inimigo com reuniões somente em casas. Em Atos 5.42 diz-nos a Bíblia: “E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus Cristo.”

Não podemos generalizar nada no meio Evangélico, muito menos utilizar a opinião de pequenos grupos para refletir a opinião de mais de 40 milhões de cristãos que vivem no Brasil.

A sutileza da revista pode passar despercebida para muitos, mas não por todos.

Não REVISTA ÉPOCA, Não precisamos de uma Nova Reforma Protestante! Fonte: Gospel Prime

Leia mais >>

Setran inicia campanha de conscientização sobre a faixa de pedestre

De acordo com o cronograma da Setran, serão realizadas duas ações por dia, nos períodos da manhã e tarde Maringá

Até julho deste ano, 13 pedestres morreram no trânsito de Maringá (sem contar os dados da Avenida Colombo)

A Secretaria dos Transportes (Setran) de Maringá iniciou nesta segunda-feira (23) mais uma campanha de conscientização sobre a faixa de pedestre. Segundo o secretário de Transportes, Walter Guerlles, trata-se de uma mega operação que visa conscientizar o motorista - quanto o respeito à sinalização - e o pedestre - sobre a importância em utilizar a faixa para atravessar a via.

“Essa campanha é exclusivamente de orientação para motoristas e pedestres, que ao seguirem as instruções e respeitar a faixa de pedestres vão evitar acidentes. Todos juntos, com respeito à vida, podemos fazer um trânsito melhor”, afirmou Guerlles em entrevista ao site da prefeitura.

De acordo com o cronograma da Setran, serão realizadas duas ações por dia, nos períodos da manhã e tarde. Os trabalhos envolverão agentes de trânsito e voluntários em pontos estratégicos da cidade da área central e dos bairros. Nesta semana, a campanha acontecerá em diversos locais da Praça 7 de Setembro e das avenidas Brasil, Mandacaru e Pedro Taques.

Morte de pedestres

Até julho deste ano, 13 pedestres morreram no trânsito de Maringá, de acordo com dados da Setran (que não leva em consideração a Avenida Colombo, de responsabilidade da Polícia Rodoviária Federal). Em todo o ano passado, 14 pedestres morreram nas vias maringaenses.Fonte: Jornal de Maringá, reportagem de Marcos Ayres

Leia mais >>

Construção de mesquita vira polêmica às vésperas do 11/9

A controvérsia nos Estados Unidos pelo projeto de uma mesquita no sul de Nova York ocorre num momento em que o vazio existente desde 2001 no desolado Marco Zero apenas começa a ser preenchido.

Leia mais >>

Pesqusias da semana podem mudar rumo da campanha

Esta semana poderá definir os rumos das campanhas no Paraná e no país. Saem duas novas pesquisas, uma do Datafolha, outra do Ibope. Ambas terão a missão de mostrar como os candidatos se saíram no horário eleitoral gratuito na primeira semana.

Nos dois casos, o que vai ser medido, em boa parte, é o poder de influência que o presidente Lula terá sobre a votação dos candidatos.

Aqui no Paraná, Osmar Dias usa o presidente em praticamente todos os programas. E vê nele a sua principal chance de mudar o quadro.

Se não der certo, a estratégia terá de mudar. Fonte: Blog Caixa Zero

Leia mais >>

CIA "made in Brazil"

Fuçando nos empenhos de pagamento do governo federal, a ONG Contas Abertas descobriu como se vestem os "007" brasileiros.

A Agência Nrasileira de Informações, a Abin, acaba de comprar 150 ternos para seus agentes. Quem está acostumado a ver filmes de espionagem, tipo James Bond, ou os agentes da CIA no cinema, imagina glamurosos homens vestidos de preto ou risca de giz.

Só que os ternos custaram R$ 115 cada. Num total de R$ 17,2 mil o pacote todo. Ou seja: está mais para ponta de estoque. Fonte:Caixa Zero, por Rogerio Galindo

Leia mais >>

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Agentes penitenciários, policiais e bombeiros invadem a Câmara pela aprovação das PECs 300 e 308


Agentes penitenciários, policiais e bombeiros invadem a Câmara pela aprovação das PECs 300 e 308. Os deputados Fernando Ferro e João Almeida comentam a invasão.

Leia mais >>

Câmara cancela votações desta tarde

A sessão ordinária do Plenário desta tarde foi cancelada, devido à invasão dos policiais no Salão Verde. O objetivo do cancelamento é impedir ações violentas contra os servidores ou os parlamentares na Câmara. A decisão foi tomada pelo presidente Michel Temer, em comum acordo com as lideranças partidárias. Desde a noite de ontem, centenas de policiais ocupam o Salão Verde reivindicando a votação de propostas que criam a Polícia Penal e o piso para policiais e bombeiros. Nada foi votado durante o esforço concentrado desta semana.

Temer e os líderes basearam sua decisão em três argumentos: a falta de acordo entre os líderes, o baixo número de deputados que estão em Brasília, e a invasão da Câmara por agentes penitenciários, policiais civis e militares que querem a aprovação das propostas de Emenda à Constituição (PECs) 300/08, 446/09 e 308/04. "Cancelei a sessão porque nitidamente não havia quorum; porque houve agressão a seguranças, atendidos no Demed; porque houve ocupação indevida das dependências da Câmara; porque na democracia não se consegue votar por meio de força física mas por meio de convencimento. Por último, todos sabemos que fiz a pauta para votar. E ainda votaremos quando houver acordo de líderanças", disse o presidente.

A pauta continua trancada por quatro medidas provisórias (MPs 487 a 490/10) e também inclui outras propostas, como o projeto que cria o fundo social do pré-sal (5940/09), além do piso salarial dos policiais e bombeiros dos estados.

Disputa política

A falta de votações no plenário foi provocada por uma disputa política entre o governo e a oposição, que mantiveram suas posições cerradas nos dois dias de esforço concentrado. O governo pressionou para votar três medidas provisórias que trancam a pauta. PSDB, DEM e PPS condicionaram qualquer deliberação do Plenário à previa votação do Projeto de Lei Complementar (PLP) 306/08, que regulamenta os gastos com saúde pública no país. Só falta apreciar um destaque da oposição ao projeto que veio do Senado.

A falta de acordo inviabilizou as reuniões do Plenário. "O governo não quis votar. Ficou usando a PEC 300 para mobilizar os deputados e votar as MPs de interesse dele. No fim frustrou todo mundo", disse o líder do PSDB, João Almeida (BA). Ele afirmou que a oposição vai manter a obstrução enquanto não for votada a regulamentação da Emenda 29Fixa os percentuais mínimos a serem investidos anualmente em saúde pela União, por estados e municípios. A emenda obrigou a União a investir em saúde, em 2000, 5% a mais do que havia investido no ano anterior e determinou que nos anos seguintes esse valor fosse corrigido pela variação nominal do PIB. Os estados ficaram obrigados a aplicar 12% da arrecadação de impostos, e os municípios, 15%. Trata-se de uma regra transitória, que deveria ter vigorado até 2004, mas que continua em vigor por falta de uma lei complementar que regulamente a emenda.. "Enquanto isso não for resolvido, não se encontrar uma solução, nós permanecemos em obstrução. Admitimos abrir uma janela para votar o segundo turno da PEC 300, afirmou Almeida.

Acordo

O relator da proposta que cria a Polícia Penal, deputado Miro Teixeira (PDT-RJ), afirma que a votação da PEC 300/08 em segundo turno é apenas questão de tempo, já que não pode mais haver apresentação de emendas nessa fase.

"Quanto à PEC 308/04, por provocação dos agentes penitenciários, há um texto que deu consenso e não deu aumento de despesa. Estamos aqui para decidir, não aprovar ou rejeitar apenas, mas decidir. E elas [as PECs] precisam ser colocadas a voto. E nesse caso serão aprovadas", diz Miro Teixeira.

A criação da Polícia Penal daria poder aos agentes penitenciários para escoltar presos em audiências na Justiça e para internação em hospitais, tarefa exercida atualmente por policiais civis ou militares.

Validade

As MPs 487, 488 e 489 vão perder a validade até 22 de setembro. Segundo o líder do governo, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), os temas das propostas consideradas importantes pelo Executivo serão incluídos em outras MPs em tramitação na Casa ou serão reapresentados pelo Executivo na forma de projetos de lei.

Durante o esforço concentrado de 2002 também não houve votação. Já em 2006, os parlamentares só votaram na segunda semana de convocação.

Críticas

A oposição não poupou críticas ao fato de nenhuma matéria ter sido votada neste esforço concentrado, semana em que os parlamentares suspendem a participação nas campanhas eleitorais em seus estados para se dedicar às atividades no Congresso Nacional. “Se é para fazer de conta que [o deputado] vem para cá [a Brasília], é melhor não fazer nada”, disse o vice-líder do Democratas (DEM), Onyx Lorenzoni (RS).

O vice-presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), fez a defesa da instituição. Segundo ele, o trabalho parlamentar não se resume às votações e cabe ao presidente da Casa tentar estabelecer os acordos para votação. “É um direito da oposição obstruir, como também é direito da base tentar votar. Quando não se tem um acordo, não se vota”. Fonte: Agência Câmara, Matéria atualizada às 18h17. Da Redação/NA com informações da Agência Brasil

Leia mais >>

Agentes penitenciários invadem a Câmara

Cerca de 200 agentes penitenciários de vários estados realizam neste momento uma vigília no Salão Verde da Câmara como forma de pressionar os deputados pela aprovação da PEC 308/04, que cria a Polícia Penal. Segundo o diretor da Federação Brasileira dos Agentes Penitenciários Cláudio Viana, líderes do movimento deverão se reunir no fim da tarde de hoje para discutir a possibilidade da realização de uma greve nacional.

Viana criticou a demora na votação da PEC, que está na dependência de acordo de líderes para inclusão na pauta do Plenário. "A PEC não implica aumento de custos e não fala em piso salarial. Nós estamos requerendo apenas uma nova organização do sistema penitenciário brasileiro e a institucionalização da carreira penitenciária", afirmou. Para Viana, a aprovação da proposta seria uma maneira de profissionalizar a carreira e “evitar que ela continue sob influência de facções criminosas”.

Invasão desde ontem

Na noite de ontem, dezenas de policiais militares, bombeiros e agentes penitenciários invadiram o Salão Verde. Eles também querem a aprovação da PEC 300/08, que cria o piso salarial nacional para os policiais e bombeiros.

Os manifestantes esperavam a aprovação das propostas nesta terça-feira, mas como não houve votação no plenário, eles decidiram ficar acampados no Salão Verde até que as propostas sejam aprovadas. Antes da invasão, os policiais e agentes estavam concentrados na porta do corredor que dá acesso ao plenário. Depois de muito empurra-empurra, eles entraram ao grito de "A Casa é nossa".

A Direção Geral da Câmara informou que os manifestantes vão poder ficar no Salão Verde até quando quiserem.

Íntegra da proposta:
PEC-308/2004
Fonte: Agência Câmara, reportagem de Murilo Souza e edição Wilson Silveira

Leia mais >>

PEC 300 e 308: Assumção denuncia Temer e Vaccarezza

Leia mais >>

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Policiais invadem Salão Verde em protesto por votação de PECs

17/08/2010 22:17 - Laycer TomazOs manifestantes ocuparam o Salão Verde após o adiamento das votações desta terça-feira.

Insatisfeitos com a demora na votação da proposta de piso salarial para os policiais dos estados (PECs 300/08 e 446/09), representantes da categoria invadiram o Salão Verde da Câmara na noite desta terça-feira. Também participam do protesto agentes penitenciários que cobram a votação da PEC 308/04, sobre a criação da Polícia Penal. Os manifestantes prometem passar a noite em vigília na Câmara.

Integrantes da Polícia Legislativa afirmaram que houve tumulto no momento da invasão e que servidores da Casa foram agredidos. Os policiais negaram a violência e acusaram os servidores de usar armas de choque contra os invasores.

De acordo com o 1º vice-presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS), dois servidores da Casa foram feridos durante a invasão. Ele disse não ter notícia de agressão a qualquer manifestante.

O presidente da Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis, Jânio Bosco Gandra, disse que a invasão foi causada pelo bloqueio feito pelos seguranças da Câmara para impedir o acesso ao plenário. Os policiais só podiam circular livremente no Anexo 2 da Câmara, onde ficam as salas das comissões.

“Como uma pessoa comum entra na Casa e o policial não pode entrar? Isso mexe com os brios de cada um e com a autoestima da categoria”, disse Gandra.

Marco Maia informou que os policiais legislativos foram orientados a acompanhar a vigília sem violência, respeitando o direito de manifestação e registrando quaisquer excessos cometidos. “O protesto será tratado com a maior tranquilidade possível, para evitar a violência, mas o patrimônio da Casa também deve ser preservado”, disse.

O piso dos policiais e bombeiros dos estados foi aprovado em primeiro turno em julho deste ano. A votação em segundo turno pode acontecer nesta quarta-feira (18), se houver quórum e acordo entre as lideranças. Quanto à criação da Polícia Penal, o deputado Miro Teixeira (PDT-RJ) deve apresentar um texto de consenso aos parlamentares para que o tema seja incluído em pauta. Fonte: Agência Câmara, reportagem de Carol Siqueira, edição de João Pitella Junior

Leia mais >>

Agentes penitenciários se revoltam com descaso dos deputados e invadem a Câmara

Seis anos de luta. Viagens semanais a Brasília há mais de um ano. Promessas e promessas feitas por lideranças, e nunca cumpridas. Esta é a novela da PEC 308, que cria a Polícia Penal. Mas hoje, dia 17 de agosto, as centenas de agentes prisionais do País que estão na Câmara dos Deputados resolveram dar uma reviravolta nessa história sem fim. Como mais uma vez os deputados "roeram a corda" e não votaram a PEC 308, os servidores do sistema mudaram de tática e invadiram o salão verde da Câmara. Para isso, tiveram que enfrentar, no braço, a polícia legislativa que agrediu os trabalhadores com empurrões, murros, chutes e choques. "Só sairemos daqui depois que a PEC 308 for aprovada", diz João Rinaldo Machado, presidente do SIFUSPESP e autor da proposta de ocupação pacífica do Salão Verde.

"A intenção era ocupar pacificamente o Salão Verde, local onde ficam a imprensa e circulam os deputados federais. Queríamos protestar contra esse descaso com que o Poder Legislativo vem tratando a nós, cidadãos, trabalhadores e servidores públicos brasileiros. Marcam a votação da PEC, ela é incluída na pauta da Câmara, nós mobilizamos os trabalhadores do País inteiro e, sem nenhuma explicação plausível, os deputados simplesmente não votam a proposta. Isso acontece desde 2004", conta João Rinaldo Machado.

O presidente do SIFUSPESP diz, ainda, que a violência que ocorreu no início desta noite foi culpa exclusiva da polícia legislativa, que faz a segurança da Câmara. "Em nenhum momento falamos em usar violência, pelo contrário. Temos imagens da reunião que antecedeu a ocupação, mostrando que todas as lideranças indicaram uma ocupação pacífica. Mas a Polícia Legislativa radicalizou, quis proibir a manifestação do grupo de forma autoritária, anti-democrática e violenta".

No enfrentamento, muitos agentes prisionais ficaram feridos. O presidente do sindicato do Mato Grosso do Sul, Fernando Anunciação, que a todo momento estava solicitando calma aos ocupantes, foi atacado por um policial que lhe deu uma "gravata". Luiz Fernando da Rocha, presidente do sindicato do Rio Grande do Sul, recebeu vários choques. Integrantes da Comitiva do Sifuspesp também foram agredidos e apresentam sinais da violência.

MOTIVAÇÃO
A violência foi efetivada pela Polícia Legislativa, mas foi gerada pelos deputados, que mais uma vez trataram a categoria com desrespeito. O presidente da Câmara, deputado Michel Temer, prometeu que a PEC 308 seria votada hoje ou amanhã (17 ou 18), mas faltou à sessão. O deputado Cândido Vacarezza, líder do Governo, que na semana retrasada acatou um acordo de modificação do texto da PEC com a promessa de apoiar a votação nesta semana, simplesmente "mudou de ideia" e afirmou, com toda a desfaçatez possível, que não apenas era contrário à PEC 308 como não ia apoiar a votação. Aliás, o comportamento desses dois deputados tem sido mesmo esse: de prometer e depois voltar atrás.

Desde 2006 a categoria luta pelo reconhecimento da função policial que de fato exerce. Semana após semana, deputados prometem que irão votar a proposta e, na hora H, demonstrando o profundo desrespeito pela sociedade, não colocam a PEC em votação e não dão menor satisfação aos agentes prisionais que semanalmente se arriscam em caravanas rumo a Brasília. Fonte: SIFUSPESP

Leia mais >>

Confira Abaixo a Nova Redação de Emenda ao Texto da PEC 308/04

Leia mais >>

Entrevista com o Deputado Miro Teixeira Autor da Emenda que Inclui o Aproveitamento dos Agentes Penitenciários Concursados

Leia mais >>

Deputado Denuncia Manobra do Governo Pela Não Votação das PEC´S 300 e 308

Leia mais >>

Após violência, policiais invadem salão verde da Câmara

Leia mais >>

As 19h e 30min segunda sessão para Votação das PEC´S 300 e 308

A votação no dia de hoje das PEC´s 300 e 308 na Câmara Deputado foi adiada para a sessão de hoje com início as 19 e 30 minutos, acompanhe ao vivo no link abaixo.

http://www.camara.gov.br/internet/tvcamara/?lnk=ASSITA-A-TV-CAMARA-PELA-INTERNET&selecao=VIVO

Leia mais >>

Acompanhe ao Vivo a Votação das PEC´s 300 e 308

Acompanhe ao vivo a votação no dia de hoje das PEC´s 300 e 308 na TV Câmara, apesar de inúmeras promessas do líder do governo deputado Vaccarezza do PT vem procrastinando mais uma vez a votação das PEC´s (Propostas de Emenda Constitucional) 300 que cria o piso salarial nacional para policiais e bombeiros militares e a 308 que cria a Polícia Penal que dá poderes de polícia aos agentes penitenciários.

Clique no link abaixo e acompanhe.
http://www.camara.gov.br/internet/tvcamara/?lnk=ASSITA-A-TV-CAMARA-PELA-INTERNET&selecao=VIVO

Para assistir aos vídeos e acompanhar transmissões ao vivo, você precisa ter
instalado em seu computador o Windows Media Player

Leia mais >>

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

PCC e Comando Vermelho têm conexões com traficantes bolivianos, diz La Paz

O cartel mexicano Los Zetas e as organizações criminosas brasileiras PCC (Primeiro Comando da Capital) e Comando Vermelho operam na Bolívia por meio de clãs de traficantes locais, informou o vice-ministro da Defesa Social, Felipe Cáceres.

"Temos informações de que há conexões entre clãs familiares e narcotraficantes com conexões com o PCC de São Paulo e o Comando Vermelho do Rio de Janeiro. Há pouca informação dos Zetas, mas têm contatos e operam aqui", afirmou ontem (15/7) ao jornal boliviano La Razón.

O cartel Los Zetas, considerado um dos mais violentos do México, foi fundado em 2003 por 31 ex-militares que integravam um grupo de elite do exército mexicano e que desertaram para formar o grupo. Tanto o PCC quanto o Comando Vermelho foram criados em prisões brasileiras: o primeiro, em 1993, na Penitenciária de Taubaté e o segundo, na prisão de Cândido Mendes, Ilha Grande.

O La Razón afirma na reportagem que o chefe da Força Especial de Luta Contra o Narcotráfico (FELCN), Félix Molina, revelou que as organizações brasileiras têm emissários na Bolívia e que o Brasil é o principal mercado para a droga boliviana.

O governo boliviano trabalha para conter o tráfico. Cáceres disse que até o dia 12 de julho foram detidos mais de dois mil traficantes, em sua maioria, colombianos, brasileiros e paraguaios. A FELCN apreendeu esse ano 16,8 toneladas de droga, sendo que 47% procedente do Peru. Foram destruídos 15 laboratórios de refino da cocaína.

O vice-ministro anunciou também que em 2010 serão eliminados mais de sete mil hectares de plantações de coca, sem violar os direitos dos cidadãos – a meta governamental é de cinco mil. No entanto, Cáceres ressaltou que mesmo com o trabalho intensivo no governo no combate ao crime organizado, há problemas. “É fato que o tráfico está sempre a frente dos nossos policiais da divisão de anti-narcóticos, já que estão sempre se modernizando.”

Cáceres disse que não há uma conexão direta entre a quantidade de cocaína e o incremento da venda da droga. O vice-ministro afirmou que há mais droga sendo ofertada porque uma tecnologia colombiana de fabricação permite que com menos coca se fabrique maior quantidade da droga. No passado, com 700 libras de pasta de cocaína se produzia um quilo da droga. Mas hoje se produz dois quilos com a mesma quantidade de pasta. Fonte: Opera Mundi, por Marina Terra via La Paz

Leia mais >>

Contra descontrole, especialistas defendem ciclo completo de polícia

Contra o descontrole nas polícias brasileiras, apontado como principal causa da sequência de condutas questionáveis dos órgãos de segurança público brasileiros nos últimos dias - como a divulgação de informações do inquérito sobre o caso Bruno e a liberação mediante propina do motorista envolvido em um atropelamento com morte no Rio de Janeiro -, especialistas defendem o fim da divisão de responsabilidades entre as corporações. No Brasil, ao contrário dos demais países, uma é responsável pelo policiamento ostensivo - Polícia Militar - e outra pelo trabalho de investigação - Polícia Civil -, a chamada polícia com "ciclo incompleto".

Tanto o especialista em segurança pública e membro do Conselho Nacional de Política Criminal Marcos Rolim quanto o pesquisador João Marcelo de Lima, integrante do Grupo de Estudos de Segurança Pública da Universidade Estadual Paulista (Gesp), acreditam em um modelo de uma mesma polícia capacitada para o policiamento ostensivo, repressão, investigação e prisões no Brasil. De acordo com eles, a instituição com ciclo completo sanaria um dos principais problemas das policiais no País: a competitividade entre as duas corporações. "No Brasil, nós criamos um modelo que construiu duas metades de polícia nos Estados. Repartimos o ciclo de policiamento, o que causa uma série de atropelos nas atuações de ambas. Elas (polícias) são hostis e competitivas.", afirma

Na avaliação de Lima, no modelo atual, em muitas situações, as duas polícias exercem funções semelhantes, mas cada uma com diretrizes diferentes. "Não temos nem uma regulamentação clara sobre o uso de força em cada uma das polícias, imagina quando duas fazem o mesmo, o que acontece seguidamente. Enfim, são duas instituições que deveriam se complementar, e não se atropelar como acontece hoje", diz. Ele ainda defende a desmilitarização da Polícia Militar. "Não há mais motivo para que a PM seja militar. Não vivemos em guerra. Precisamos de uma polícia cidadã, que considere a população receptora de seu trabalho".

Integrante da Polícia Militar do Rio de Janeiro até 2008, o ex-corregedor Paulo Ricardo Paúl afirma ser favorável ao ciclo completo das polícias e defende a adoção de um modelo semelhante ao da Inglaterra. Naquele país, todas as polícias são responsáveis pelos procedimentos de policiamento ostensivo até a investigação de delitos, dividas territorialmente. "Não precisaria unificar, mas sim estabelecer um círculo completo e fazer uma divisão territorial. Não seria essa bagunça atual", afirma. Nos Estados Unidos, as polícias são divididas de acordo com tipos penais.

A mudança no modelo de polícia está atrasada no Brasil em relação aos demais porque a reforma depende de alterações na Constituição, segundo Rolim. A atuação policial está prevista na legislação, exigindo modificações. "Antes de tudo, temos de colocar esse novo modelo dentro da Constituição, no artigo que estabelece quais são as polícias, quais as suas obrigações e responsabilidades. Então, qualquer reforma depende de uma reforma constitucional", diz.

Plano de carreira

Além da modificação do modelo das polícias para o ciclo completo, Rolim e o ex-corregedor da PM fluminense apontam um aprimoramento do plano de carreira dos policiais como solução para a corrupção, a violência e o descontrole das instituições. Na opinião de Rolim, a forma de ingresso nas polícias deve iniciar no cargo mais baixo. "Em todos os lugares do mundo, o policial faz concurso, entra na polícia para ser patrulheiro e vai ascendendo na carreira. No Brasil, criamos várias portas de entrada. O PM entra como soldado e nunca vai chegar a oficial se não fizer outra seleção. Na Civil, entra como investigador e nunca vai ser delegado se não fizer concurso para o cargo. Essas portas laterais explodiram com a carreira policial", afirma.

De acordo com o coronel Paúl, a ausência de um plano possibilita, por exemplo, que um bacharel em Direito torne-se delegado sem ter experiência em investigação. "Isso é sem sentido. A pessoa se forma, frequenta um curso preparatório, passa e entra no topo da carreira. O chefe que entra é um alienígena", diz. Fonte: Portal Terra via A Arma

Leia mais >>

Colação de Grau dos Formandos 2010 do CESUMAR

Na noite deste sábado (14) estive prestigiando junto com o meu amigo deputado estadual Wilson Quinteiro a cerimônia de colação de grau dos formandos do CESUMAR - Centro Universitário de Maringá, cerca de 500 formandos da turma de 2010 obtiveram mais esta vitória em suas vidas, entre eles vários amigos e amigas.

O reitor da instituição, Dr Wilson Matos fez um breve relato sobre a instituição destacando que o CESUMAR já formou cerca de 15.000 alunos e atualmente tem cerca de 12.000 alunos em vários cursos. Parabéns a todos os formandos e formandas, aos professores e a direção do Centro Universitário.

Leia mais >>

Estratégia de campanha de Serra deu ‘100%’ errado

Do Josias de Souza na Folha Online

Todos os planos que José Serra traçara para sucessão de 2010 deram errado. Em consequência, o presidenciável tucano chega à fase do horário eleitoral gratuito, último estágio da campanha, em situação de absoluta desvantagem.

No pior cenário esboçado pelo tucanato, previa-se que Serra iria à propaganda de televisão empatado nas pesquisas com Dilma Rousseff. Deu-se algo mais dramático.

Todos os institutos acomodam Serra atrás de sua principal antagonista. No Datafolha, o fosso é de oito pontos. Vai abaixo um inventário dos equívocos que distanciaram a prancheta do comitê de Serra dos fatos:

1. Chapa puro-sangue: Serra estava convicto de que Aécio Neves aceitaria compor com ele uma chapa só de tucanos. Em privado, dizia que as negativas de Aécio não sobreviveriam a abril. Aceitaria a vice quando deixasse o governo de Minas. Erro.

2. PMDB: O tucanato tentou atrair o PMDB para a coligação de Serra. Nos subterrâneos, chegou-se a levar à mesa a posição de vice. Desde o início, a chance de acordo era vista como remota. Mas o PSDB fizera uma aposta: dividido, o PMDB não entregaria o seu tempo de TV a Dilma. Equívoco.

3. Ciro Gomes: O QG de Serra achava que Ciro levaria sua candidatura presidencial às últimas consequências. Numa fase em que Serra ainda frequentava as pesquisas com dianteira de cerca de 30 pontos, o tucanato idealizou um cenário de sonho.

Candidato, Ciro polarizaria com Dilma a disputa pelo segundo lugar, dividindo o eleitorado simpático ao governo. Mais um malogro.

4. Marina Silva: Serra empenhou-se para pôr de pé, no Rio, a aliança de seus apoiadores (PSDB, DEM e PPS) com o PV de Fernando Gabeira. Imaginou-se que, tonificado, Gabeira iria à disputa pelo governo fluminense com chances de êxito. E o palanque dele roubaria votos de Dilma para Serra e Marina.

Deu chabu. Empurrado por Lula, Cabral é, hoje, candidato a um triunfo de primeiro turno. A vantagem de Dilma cresce no Estado. E Marina subtrai votos de Serra.

5. Sul e Sudeste: O miolo da tática de Serra consistia em abrir boa frente sobre Dilma nessas duas regiões. Sob reserva, Luiz Gonzales, o marqueteiro de Serra, dizia: O Nordeste é importante, mas nossas cidadelas são o Sul e o Sudeste.

Acrescentava: Não podemos perder de muito Nordeste. E temos de ganhar muito bem no Sul e Sudeste. As duas premissas fizeram água. Ampliou-se a vantagem de Dilma no Nordeste. E ela já prevalece sobre Serra também no Sudeste.

Há 20 dias, Serra batia Dilma em São Paulo e era batido por ela no Rio. Em Minas, a situação era de equilíbrio. Hoje, informa o Datafolha, a vantagem de Dilma (41%) ampliou-se em dez pontos no Rio. Serra (25%) enxerga Marina (15%) no retrovisor.

Em Minas, Dilma saltou de 35% para 41%. E Serra deslizou de 38% para 34%. Em São Paulo, o tucano ainda lidera, mas sua vantagem sofreu uma erosão de sete pontos. Resta, por ora, a “cidadela” do Sul, insuficiente para compensar o Nordeste. Pior: Dilma fareja os calcanhares de Serra também nesse pedaço do mapa.

No Rio Grande do Sul, por exemplo, a vantagem de Serra caiu, em 20 dias, de 12 pontos para oito. No Paraná, encurtou-se de 15 pontos para sete.

6. Plebiscito: Lula urdira uma eleição baseada na comparação do governo dele com a era FHC. Serra e seu time de marketing deram de ombros. Como antídoto, decidiram promover um confronto de biografias: a de Serra contra a de Dilma.

Entre todos os equívocos, esse talvez tenha sido o mais crasso. Ignorou-se uma evidência. Do alto de sua popularidade lunar, Lula tornou-se o eixo da campanha. Tudo gira ao redor dele.

Lula transferiu votos para Dilma em proporção nunca antes vista na história desse país.


7. Debates e entrevistas: Em sua penúltima aposta, o grão-tucanato previra que Serra, por experiente, daria um baile em Dilma nos confrontos diretos. Não deu.

Reza a cartilha dos marqueteiros que, nesse tipo de embate, o candidato que vai bem não ganha votos. Porém, o contendor que dá vexame sujeita-se à perda de eleitores. Para o PSDB, o vexame de Dilma era certo como o nascer do Sol a cada manhã.

No primeiro debate, promovido pela TV Bandeirantes, o escorregão não veio. Na entrevista ao “Jornal Nacional”, também não. Serra houve-se bem nos dois eventos. Porém, ao esquivar-se do desastre, Dilma como que ombrou-se com ele.


8. Propaganda eletrônica: Começa nesta terça (17) a publicidade eleitoral no rádio e na TV. O comitê tucano vai à sua última aposta. No vídeo, insistir na exposição da biografia do candidato. Serra será vendido como gestor experiente.

Vai-se esgrimir a tese de que Serra –ex-secretário de Estado, ex-deputado, ex-senador, ministros duas vezes, ex-prefeito e ex-governador— está mais apto do que Dilma para continuar o que Lula fez de bom e avançar no que resta por fazer.

Até aqui, o discurso não colou. Na propaganda adversária, o próprio Lula se encarregará de dizer que a herdeira dele é Dilma, não Serra. A julgar pelas pesquisas, o eleitor parece mais propenso a dar crédito ao dono do testamento.

Leia mais >>

Visitas as Assembeias de Deus do Liberdade, Vale Azul em Sarandi e Ourizona

Neste domingo (16) estive visitando junto com o meu amigo deputado estadual Wilson Quinteiro as igrejas Assembleias de Deus do Liberdade, Vale Azul em Sarandi e Ourizona que estavam em festa e que são pastoreadas respectivamente pelos Pb Clemilson Correa, Pb Clóvis e Pb Aldo.

Pabéns a toda a liderança de jovens e senhoras das igrejas e aos pastores pela dedicação e trabalho, e muito obrigado pela acolhida.

Igreja Assembleia de Deus do Conjuto Vale Azul em Sarandi

Quinteiro falando aos presentes na AD do Conjuto Vale Azul em Sarandi
Igreja Assembleia de Deus do Liberdade em Maringá
Igreja Assembleia de Deus em Ourizona

Leia mais >>

Luciano Brito e Deputado Quinteiro Participam de Homenagem ao Pastor José Maria da Assembleia de Deus do Itaipu

Na noite deste sábado (14) estive junto com o meu amigo deputado estadual Wilson Quinteiro de uma belíssima homenagem que os membros, ministérios e corpo de obreiros da Igreja Assembleia de Deus do Parque Itaipu fizeram para o pastor José Maria Caetano e sua esposa Joana por ocasião do seu aniversário.

Desejo ao pastor José Maria e a irmã Joana que Deus abençoe ricamente este maravilhoso casal, muitas felicidades a todos os familiares. Parabenizo também na pessoa da Débora e do Pb Paulo a todos os membros da igreja pela atenção e carinho com o seu pastor.

Deputado Estadual Wilson Quinteiro, irmã Joana, Pastor José Maria e Evangelista Luciano Brito

Deputado Estadual Wilson Quinteiro, irmã Joana, Pastor José Maria, Evangelista Luciano Brito e Pastor Francisco de Assis que foi o preletor da noite

Leia mais >>

Dez pontos de diferença entre Beto Richa e Osmar Dias

Beto está com 47% contra 37% de Osmar.

O candidato ao governo do Estado, Beto Richa (PSDB) tem 47% das intenções de voto dos eleitores, segundo pesquisa Vox Populi divulgada sábado. Osmar Dias (PDT) aparece com 37%. A pesquisa anterior do Vox Populi (julho) indicou 42% para Beto Richa e 37%, para Osmar Dias, o que representava empate técnico.

Amanhã inicia a campanha eleitoral na TV, que vai até 30 de setembro. Os candidatos a presidente, governador, senador e deputados federais e estaduais ocuparão 100 minutos diários da TV, em dois blocos de 50 minutos, de segunda a sábado, além de 30 minutos diários em inserções de até 60 segundos.
Comentário
Outra pesquisa divulgada na sexta-feira (do Datafolha) apontou 46% das intenções de voto para Beto Richa, 12 pontos a mais que Osmar Dias. Ontem, Beto comentou a pesquisa que o colocou à frente do adversário. “Uma pesquisa atrás da outra tem mostrado que os paranaenses, cada vez mais, entendem nossas propostas como as melhores para o estado. Esse resultado nos motiva a continuar percorrendo o Paraná, conversando com as pessoas, com respeito, olhando para o futuro”.

O Datafolha mostrou também que Beto lidera na Região Metropolitana de Curitiba e no interior. Na região metropolitana, Beto tem 60% das intenções de voto e Osmar Dias, 23%.

A pesquisa divulgada sábado ouviu 800 pessoas em todo o Paraná, entre 7 e 10 de agosto, e foi contratada pela TV Bandeirantes. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos. A pesquisa de julho também ouviu 800 eleitores, entre 17 e 20 de julho. Foi encomendada pela mesma emissora. A margem de erro é a mesma. Fonte: Paraná Online

Leia mais >>

Receita Federal libera R$ 1,5 bilhão em restituição

A Receita Federal do Brasil vai creditar nesta segunda-feira, 16, um montante de R$ 1,5 bilhão em restituições, para um total de 1.673.079 contribuintes. Os créditos são referentes ao exercício de 2010 (ano calendário de 2009), residual de 2009 (ano calendário 2008) e residual de 2008 (ano calendário de 2007).

Para o exercício de 2010, serão creditadas restituições para um total de 1.628.135 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 1.426.305.850,63, já acrescidos da taxa Selic de 3,40% (maio a agosto/2010).

Com relação ao lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 34.001 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 52.262.491,25, já atualizados pela taxa Selic de 11,86% (período de maio de 2009 a agosto de 2010).

Já para o lote residual do exercício de 2008 serão creditadas restituições de um total de 10.943 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 21.431.658,12, atualizados pela taxa Selic de 23,93%, (período de maio de 2008 a agosto de 2010).

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na Internet. Fonte: Agência Estado

Leia mais >>

Moradores do Conjunto São Silvestre recebem o deputado Wilson Quinteiro

Pitanga, James, Deputado Quinteiro, Luciano Brito e Didi


Nesta sexta-feira (13) organizei junto com o meu irmão James e cunhada Raquel e os amigos Didi, Peifi e Pintanga uma reunião com cerca de 70 moradores do Conjunto São Silvestre para recepcionar o deputado estadual Wilson Quinteiro, a reunião ocorreu num ambiente de muita alegria e na sua chegada Quinteiro foi muito festejada por todos os presentes e ovacionado como o candidato de todos presentes.

O deputado em sua fala renovou o seu compromisso com os moradores da região do Conjunto São Silvestre e da Avenida José Alves Nendo e agradeceu aos presentes e os seus colaboradores da região que ajudaram a organizar a reunião, o casal James e Raquel pela abertura de sua residência para a realização da reunião, Didi, Peifi e Pitanga.

Deputado Estadual Wilson Quinteiro falando aos presentes

Deputado Wison Quinteiro e Luciano Brito falando aos presentes


Leia mais >>

O gráfico que tira o sono de Requião

Dizem que uma imagem vale mais que mil palavras. Então está aí: a prova da indefinição na disputa pelas vagas ao Senado. O gráfico mostra em cores a imensidão de votos que ainda estão soltos.

Mesmo Requião, apontado como o grande favorito para uma das vagas, não tem a sua eleição garantida. Até porque ele não está na real liderança da pesquisa. O índice dos eleitores indecisos é 20% superior ao número alcançado por Requião.

E é com essa avaliação que os marqueteiros de Gleisi, Ricardo e Gustavo trabalham. Miram nos quase 70 % de indecisos. Parcela enorme de eleitores, que provavelmente já conhecem Requião, mas não o apontam como o seu candidato.

O fato é que restando menos de 50 dias para as eleições muita água ainda vai passar por baixo das pontes, das alianças e dos comitês. Haja estômago, haja fígado e, principalmente, haja intestino.

O gráfico foi produzido com os dados da pesquisa divulgada pelo Datafolha na sexta. O levantamento está registrado no TSE com o protocolo 22.777/2010 e no TRE-PR com o número 18.123/2010. Fonte: Blog Fabio Campana

Leia mais >>

Quinteiro inaugura Comitê no Miosótis

O deputado Wilson Quinteiro participou na noite desta sexta-feira (13/08) da inauguração de seu comitê eleitoral no Miosótis, compareceram a inauguração cerca de 100 pessoas.

Entre os que prestigiaram o evento estavam várias lideranças de bairro, como o senhor Osmar e Eliseu do Miosótis; senhor Francisco, presidente da Associação do Jardim Alvorada; os suplentes de vereadores Mura, Francisco (Chico), Jony Zanetti, Vera, Robison e Luciano Brito e lideranças religiosas como o padre Antonio Carlos da Diocese de Maringá e o pastor Carlos da Igreja Batista Missão de Fé que abençoaram o comitê com as suas orações.

O deputado agradeceu a todos os seu colaboradores que organizaram a reunião e arrumaram o local, agradeceu também a todos pela presença, apoio e confiança, além de sua esposa Neandra e sua sogra.

Quinteiro em sua fala prestou contas do seu trabalho na Assembleia Legislativa e reafirmou a disposição para o trabalho e elaboração de bons projetos e compromisso com os moradores de toda região e finalizou a sua fala se colocando a disposição de todos para o que for necessário e convidando a toda comunidade da região para visitarem o seu comitê.

Local: Avenida São Judas Tadeu, número 2.001, Jardim Copacabana I
Arimatéia, Deputado Quinteiro, José, Chico e sua esposa

Deputado Wilson Quinteiro e sua esposa Neandra
Francisco, presidente da Associação dos Moradores do Jardim Alvorada em sua fala

Mura durante a sua fala

Jony Zaneti e Deputao Quinteiro

Vera e Deputado Quinteiro

Padre Antonio, Pastor Robinson e Deputado Quinteiro

Chico fazendo uso da palavra

Osmar do Miósótis durante sua fala

Leia mais >>

Quinteiro ouve motoristas de Vans dos Shopings Maringá Vest e Avenida Fashion

Nesta sexta-feira (13) pela manhã acompanhei o meu amigo deputado estadual Wilson Quinteiro em sua conversa com os motoristas de Vans dos Shopings Maringá Vest e Avenida Fashion, na reunião que foi organizadao pelo amigo Sidney o deputado ouviu as necessidades e pleitos da categoria.
Ainda pela manhã estive participando de uma reunião com os funcionários do Maringá Clube, e rever amigos, a reunião foi organizada pelo Zeze.

Leia mais >>

Nova pesquisa Datafolha confirma: no Paraná, todo mundo está com Beto

Beto subiu 3 pontos e tem 46% das intenções de voto, 12 pontos à frente de Osmar Dias, que caiu 4 pontosMais uma vez o Instituto Datafolha e RPC confirma: no Paraná, todo mundo está com Beto. Em pesquisa divulgada pela RPC nesta sexta-feira (13), o Instituto Datafolha mostra Beto Richa cresceu 3 pontos porcentuais e hoje tem 46 % das intenções de voto para governador do Paraná, 12 pontos à frente do segundo colocado. É a quinta pesquisa divulgada no Paraná após o início da campanha eleitoral. Todas mostram Beto como o preferido da grande maioria dos paranaenses para governar o Paraná.

A nova pesquisa Datafolha/RPC demonstra um avanço consistente do candidato da Coligação Novo Paraná, que tem uma vantagem de 12 pontos percentuais. “Uma pesquisa atrás da outra tem mostrado que os paranaenses, cada vez mais, entendem nossas propostas como as melhores para o Estado. Esse resultado nos indica que estamos no caminho certo e nos motiva a continuar percorrendo o Paraná, conversando com as pessoas, com respeito, olhando para o futuro”, disse Beto Richa, durante a inauguração de um comitê em Cafelândia, no Oeste do Paraná. “É preciso manter esse ritmo de trabalho, porque os paranaenses estão aprovando um governo com idéias, diálogo e propostas inovadoras.”

O Datafolha ouviu 1.221 pessoas em 46 municípios do Paraná nos dias 9 a 12 de agosto. A pesquisa para o Governo do Estado, contratada pela RPC, está registrada no TSE com o protocolo 22.777/2010 e no TRE-PR com o número 18.123/2010. A margem de erro é de 3 pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no dia 24 de julho, Beto tinha 43 pontos percentuais e avançou 3 pontos, enquanto o segundo colocado caiu 4 pontos. Em duas pesquisas divulgadas em julho, o Instituto Vox Populi havia apontado que Beto estava à frente, com 43% e 44% das intenções de voto, respectivamente 9 e 5 pontos porcentuais à frente do principal adversário. No Ibope, divulgado no dia 5 de agosto, Beto aparecia com 46% das intenções de voto, 13 pontos porcentuais à frente do segundo colocado.

Leia mais >>

Visita a igrejas em Sarandi e Astorga

No domingo passado (8) estive visitando a Igreja Presbiteriana Renovada de Astorga durante o Congresso anual de Jovens com o tema "Santificai. Santidade, com Alegria", com os meus amigos deputado estadual Wilson Quinteiro e Ávaro Deitos, a igreja que é pastoreada pelo meu amigo Pastor Wilson estava lotada.

Os pregadores e ministros de louvor do congresso foram o Pastor Felippe Valadão e sua esposa Mariana Valadão da Igreja Batista da Lagoinha de Belo Horizonte (BH) - Ministério Diante do Trono, foram muito usados por Deus e uma bênção para a vida de todos.

Também estive participando do culto da Igreja Avivamento Bíblico de Sarandi e fomos recebidos pela pastora Andreia.

Leia mais >>

Visita a igrejas em Mandaguari e Sarandi

No sábado passado (7) estive visitando junto com os meus amigos Deputado Estadual Wilson Quinteiro e o Bispo Marciano a Igreja Só o Senhor é Deus de Mandaguari que é pastoreada pelo pastor Nilson e a Igreja Assembleia de Deus do Jardim Esperança em Sarandi que é pastoreada pelo pastor Aparecido.

Um forte abraço a toda a comunidade de fé destas igrejas pela acolhida.

Leia mais >>

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

A culpa é do William Bonner?

Reprodução/Globo Dilma no JN: 33 pontos no Ibope.

Lula achou que William Bonner pegou pesado com Dilma Rousseff durante a entrevista ao Jornal Nacional na segunda-feira. "Eu, que conheco debates há muitos anos, esperava que pelo fato de você ser mulher e ser candidata, o entrevistador tivesse um pouco mais de gentileza", disse o presidente, durante comício realizado ontem à noite em Belo Horizonte.

Logo antes, entregou uma rosa a Dilma, como “símbolo da calma e traquilidade” da candidata durante a entrevista. Mais adiante, aconselhou:

"Não fique nervosa nunca, não perca a estribeiras nunca, não aceite provocação nunca. Porque a verdade é que tem muita gente que tem muito medo que uma mulher possa provar que tem mais capacidade de fazer muita coisa do que muitos homens já fizeram neste país."

Acabo de ver a entrevista no Youtube e não percebi a “falta de gentileza”, nem de Bonner muito menos de Fátima Bernardes.

Mas as declarações de Lula deixam claro uma coisa: o maior pavor do presidente é mesmo a performance de Dilma.Fonte: Blog Conexão Brasília

Leia mais >>